Empresas que contratam apostando na diversidade são destaque no Jornada

publicado 11/09/2018 14:48, modificado 12/09/2018 01:10

Empresas que ignoram o preconceito e contratam empregados respeitando a diversidade étnica, de gênero e cultural são destaque nesta edição do Jornada. A reportagem especial ouviu as histórias de cinco pessoas, das mais variadas origens, que venceram a desconfiança e conquistaram um lugar digno no mercado de trabalho. Assista aqui. 

Trajetórias como a de Danielly Schneidher, transexual, são contadas na reportagem. Ela conseguiu ser contratada como auxiliar de limpeza por uma grande rede de padarias de Brasília/DF. Um ano depois, foi promovida a atendente e se diz muito feliz por estar em um lugar em que o respeito pelo ser humano é uma regra. “Aqui eu sou analisada pelo meu serviço e não pela minha vida lá fora”, diz.

O ministro do TST Vieira de Mello Filho e a subprocuradora-geral do trabalho Edelamare Melo também deram seus depoimentos, nos quais abominaram qualquer tipo de discriminação no ambiente de trabalho. “Se nós não temos a possibilidade de viabilizar nossa essência, como podemos falar de dignidade?”, indaga o ministro à reportagem.

Já o quadro “Saúde e Segurança no Trabalho” traz informações sobre o Lúpus, uma doença autoimune com causas ainda desconhecidas. Conheça como a servidora pública Fabíola Mercadante descobriu que era portadora e como ela enfrenta o tratamento para aliviar os sintomas.

Diretamente do Mato Grosso, uma reportagem do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região tira dúvidas sobre as férias. Saiba o que diz a lei sobre esse direito garantido a todos os empregados brasileiros. E no quadro “Trabalha Brasil”, conheça o talento e os segredos de Adriana Oliveira. Ela se especializou em cortes e tratamentos para cabelos crespos e cacheados.

Visualizações:

Secretaria de Comunicação Social
Seção de Imprensa e Divulgação Interna
imprensa@trt3.jus.br