Curso a distância: Colóquio - “Trabalho: Mercadoria ou Valor? Reflexões sobre as relações trabalhistas pós pandemia”

publicado 08/06/2020 17:24, modificado 14/07/2020 10:07

A Escola Judicial do TRT-MG e a Associação Mineira dos Advogados Trabalhistas (Amat) promoverão o colóquio “Trabalho: Mercadoria ou Valor? Reflexões sobre as relações trabalhistas pós pandemia”.

Período de Realização

09/06/2020, das 19h às 20h30

Público-alvo

Magistrados, servidores, advogados e público externo em geral

Carga Horária

1h30min

Local

O evento será aberto ao público em geral no canal YouTube da AMAT, além de contar com Transmissão via Webinar Center.

Conteúdo Programático

Formadores: O evento contará com a presença da Professora Mariah Brochado (UFMG), dos Juízes Bruno Alves Rodrigues (TRT-MG) e Leonardo Wandelli (TRT-MG), bem como do Desembargador aposentado José Eduardo de Resende Chaves Júnior.

Certificação

Somente para Magistrados e servidores – serão certificados aqueles que acessarem o evento via link do Webinar Center (que computará a presença), recebido imediatamente após inscrição no evento e responderem a avaliação de aproveitamento, cujo link será disponibilizado no Webinar Center, até dia 16/06/20. Aqueles que assistirem o evento diretamente no canal do YouTube da EJUD3 não terão sua presença computada, impossibilitando a certificação.

Inscrições

Magistrados e servidores interessados na certificação pela EJUD/TRT-MG deverão realizar inscrição pelo Sympla, no seguinte link: https://www.sympla.com.br/trabalho-mercadoria-ou-valor-reflexoes-sobre-as-relacoes-trabalhistas-pos-pandemia__872519

Magistrados e servidores inscritos receberão link para visualizarem o evento pela plataforma Webinar Center.

Não poderão participar os servidores que estiverem em gozo de férias ou usufruindo licenças nas hipóteses previstas no artigo 6º, §2º da Resolução nº 159/2015 do CSJT.

Observações

As horas do evento serão computadas, automaticamente pela Escola Judicial, para a Formação Continuada e Inicial Difusa de Magistrados do TRT-MG e será encaminhada uma lista com os nomes de todos os servidores aprovados para Secretaria de Desenvolvimento de Pessoas, setor responsável pelo AQ (adicional de qualificação).

A Secretaria de Desenvolvimento de Pessoas informa que a participação em ações de aprendizagem não garante a concessão do Adicional de Qualificação, uma vez que aspectos legais e acadêmicos da Resolução CSJT 196 de 2017 devem ser observados, tais como a ação de treinamento estar vinculada à área de interesse do Tribunal, em conjunto com as atribuições do cargo efetivo ocupado ou com as atividades realizadas no exercício da FC ou CJ, e carga horária máxima diária de 8 horas-aula, quando se tratar de evento de capacitação realizado com a metodologia a distância. Mais informações sobre o AQ, acesse: https://portal.trt3.jus.br/intranet/desenvolvimento-de-pessoas/copy_of_adicional-de-qualificacao

Seção de Formação de Magistrados e Jurídica de Servidores formacao [arroba] trt3.jus.br