Curso a distância: Entrevista por meio de live "Os desafios do momento na prevenção da Covid-19 nos ambientes de trabalho"

publicado 05/06/2020 17:10, modificado 14/07/2020 10:05

Escola Judicial do TRT-MG, em parceria com o Programa Trabalho Seguro do TST e do TRT MG, promove a entrevista por meio de live Os desafios do momento na prevenção da Covid-19 nos ambientes de trabalho.

Período de Realização

10/06/2020, das 16h às 17h30

Público-alvo

Magistrados, servidores e público externo.

Carga Horária

1h30min

Local

Transmissão ao vivo pela Canal EJUD3 - Escola Judicial TRT-MG no YouTube: https://bit.ly/EJUD3

Conteúdo Programático

Entrevistado

Leandro Duarte de Carvalho, médico e professor.

Entrevistadores

  • Sebastião Geraldo de Oliveira - desembargador do TRT-MG
  • Maria Beatriz Theodoro Gomes - desembargadora do TRT-MT

Participação Especial

  • Delaíde Miranda Arantes - ministra do TST e coordenadora do Programa do Trabalho Seguro.
  • Denise Alves Horta - desembargadora do TRT-MG e gestora regional do Programa Trabalho Seguro. 
  • Camilla Guimarães Pereira Zeidler - 2ª vice-presidente do TRT-MG e Diretora da Escola Judicial - EJUD3.

Certificação

A EJud vai certificar os magistrados e servidores do TRT-MG que preencherem o formulário e responderem a avaliação. Anote o código de verificação apresentado ao final da entrevista e responda o formulário disponível na descrição da LIVE, até às 16 horas do dia 12/06/20. Será encaminhada a relação de participantes de outros TRTs às respectivas Escolas Judiciais para certificação a critério de cada uma. Não haverá certificação para o público externo. AVISO: O não preenchimento do código ou o seu preenchimento incorreto, impede o envio do formulário

Inscrições

Não há necessidade de inscrição prévia, basta acessar o link fornecido no dia na descrição da live.

Frequência

Para que se tenha direito à certificação, é necessário comprovar 100% de frequência

Observações

Não poderão participar os servidores que no período do curso estiverem em gozo de férias ou usufruindo licenças nas hipóteses previstas no artigo 6, §2 da Resolução nº159/2015 do CSJT.

O deferimento do Adicional de Qualificação (AQ) está condicionado às determinações contidas na Resolução Administrativa CSJT nº 196/2017, observando-se a competência da Secretaria de Desenvolvimento de Pessoas, através da Subseção de Adicional de Qualificação para análise e deferimento dos pedidos.

A Secretaria de Desenvolvimento de Pessoas informa que a participação em ações de aprendizagem não garante a concessão do Adicional de Qualificação, uma vez que aspectos legais e acadêmicos da Resolução CSJT 196 de 2017 devem ser observados, tais como a ação de treinamento estar vinculada à área de interesse do Tribunal, em conjunto com as atribuições do cargo efetivo ocupado ou com as atividades realizadas no exercício da FC ou CJ, e carga horária máxima diária de 8 horas-aula, quando se tratar de evento de capacitação realizado com a metodologia a distância.

Mais informações sobre o AQ,

 

Seção de Formação de Magistrados e Jurídica de Servidores formacao [arroba] trt3.jus.br