Você está aqui: Início / Notícias / Comunicação / Notícias Institucionais / Importadas 2006 a 2008 / TRT-MG abre a II Semana da Conciliação

TRT-MG abre a II Semana da Conciliação

publicado 01/01/2008 12:29, modificado 24/09/2018 13:02

A II Semana da Conciliação foi aberta no Plenário do TRT-MG, nesta sexta-feira, pela manhã, em solenidade que contou com a presença de magistrados, procuradores do trabalho, advogados, servidores e estudantes. Na abertura oficial, tanto o presidente do Tribunal, desembargador Tarcísio Alberto Giboski, como o presidente da Amatra3, juiz João Alberto de Almeida e a procuradora-chefe do Ministério Público do Trabalho de Minas Gerais, Maria Amélia Bracks Duarte, ressaltaram a importância da conciliação como a melhor forma de solucionar os conflitos.

TRT-MG abre a II Semana da Conciliação (imagem 1)
Juiz João Alberto de Almeida, presidente da Amatra3, procuradora-chefe do MPT-MG, Maria Amélia Bracks Duarte, presidente do TRT-MG, desembargador Tarcísio Alberto Giboski, desembargador Paulo Roberto Sifuentes Costa, corregedor do TRT-MG, desembargador José Roberto Freire Pimenta, diretor da Escola Judicial do TRT-MG, desembargador Márcio Túlio Viana, aposentado da 3ª Região e o juiz da 2ª VT de Chapecó, SC, Giovanni Olsson

O desembargador Tarcísio Giboski lembrou que “as raízes da Justiça do Trabalho são de uma justiça conciliadora e esse fato nos obriga a manter essa posição e nos aprimorarmos, de forma que o juiz do trabalho esteja sempre preparado para esse mister”, afirmou. O presidente lembrou que, o Movimento pela Conciliação, deflagrado pela ministra Ellen Gracie, presidente do CNJ, deu a muitas pessoas uma resposta positiva e mais eficaz do Poder Judiciário, dando solução conciliada para processos que estavam pendentes na Justiça. Gisboski afirma que “o TRT criou a Comissão Permanente pela Conciliação, pois não poderia deixar de aderir e apoiar o Movimento”.

A procuradora Maria Amélia Bracks lembrou a atuação do Ministério Público do Trabalho nesse sentido. A instituição, de acordo com ela, pauta-se na busca da conciliação como forma de garantir ao trabalhador o acesso a seus direitos. Também o presidente da Amatra3, João Alberto de Almeida, revelou que a Associação adere e incentiva o movimento pela conciliação que traz expectativa de mudança na postura da magistratura na solução do caso concreto. “É preciso realmente pensar na conciliação com responsabilidade, como atitude que veio para ficar”, ressalta.

Esforço pela conciliação

Nesta sexta-feira, 22, foram realizadas duas palestras pela manhã; a primeira, sobre “Conciliação Judicial Trabalhista – Riscos e Oportunidades” , com o desembargador do Trabalho Márcio Túlio Viana, aposentado da 3ª Região, e a segunda, sobre “Os Cinco Saberes do Juiz” , com o juiz titular da 2ª Vara do Trabalho de Chapecó, SC.

À tarde, será realizada palestra para os magistrados sobre "Técnicas de Juízo Conciliatório" , com a juíza Adriana Goulart de Sena, titular da 35ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, e o juiz Giovanni Olsson.

Encerramento

Na próxima semana, de segunda a quinta-feira, haverá mutirão de conciliação nas Varas do Trabalho da capital e do interior e no Juízo Auxiliar de Execuções.

A II Semana da Conciliação será encerrada no Fórum da Justiça do Trabalho, em BH, rua Goitacases, 1.475 – Barro Preto, na sexta-feira, dia 29. Na ocasião, o desembargador Tarcísio Alberto Giboski divulgará os números da conciliação será apresentada a peça teatral “Os Lixeiros”, com os atores Carlos Nunes e Fernando Couto.

Visualizações:

Pesquisar

Pesquisa de notícias.

/ /  
/ /