Ato Público no Mineirão é parte do Programa Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho, do TST

publicado 20/06/2012 16:06, modificado 20/06/2012 19:06

O Tribunal Superior do Trabalho e o Conselho Superior da Justiça do Trabalho promovem no próximo dia 22 de junho, às 10 horas, em Belo Horizonte, na esplanada do novo Mineirão, com a presença do ministro João Oreste Dalazen, presidente do TST, o Ato Público pelo Trabalho Seguro na Indústria da Construção, como parte do Programa Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho, do TST.

Ato Público no Mineirão é parte do Programa Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho, do TST (imagem 1)

O Programa Trabalho Seguro, realizado em parceria com diversas instituições públicas e privadas, visa à formulação e execução de projetos e ações nacionais voltados à prevenção de acidentes de trabalho e ao fortalecimento da Política Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho. O principal objetivo é contribuir para a diminuição do número de acidentes de trabalho registrados no Brasil nos últimos anos.

A atuação do TST é voltada para o desenvolvimento de uma cultura de prevenção de acidentes no ambiente de trabalho. Atua também por meio de medidas mais direcionadas, capazes de contribuir para redução de acidentes de trabalho em segmentos econômicos específicos. Com esse propósito, o Programa tem desenvolvido atividades para a construção civil, que é o ramo da indústria que apresenta o maior número absoluto de acidentes de trabalho, de acordo com os dados estatísticos mais atuais. Nesse sentido, o TST tem promovido atos públicos nos canteiros de grandes obras de todo o país, chamando a atenção da sociedade para a importância de se adotarem medidas de segurança e saúde do trabalho na construção civil para prevenção de acidentes; desenvolvido campanha de mídia voltada para essa atividade; e firmado parcerias com o Serviço Social da Indústria - SESI, para lançar uma revista em quadrinhos para o público infantil, tratando sobre a prevenção de acidentes de trabalho.

Prevenção na Indústria da Construção

Conforme os dados publicados no Anuário Estatístico de Acidentes de Trabalho de 2010 do Ministério da Previdência Social, a indústria da construção registrou 54.664 acidentes de trabalho, sendo o segmento da indústria com maior número absoluto desse tipo de acidente. Esse setor econômico encontra-se, ainda, em franca expansão no Brasil, principalmente por causa de eventos mundiais que ocorrerão no país ao longo desta década, em especial a Copa do Mundo FIFA de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016. Somados a esses eventos, há não só os programas do Governo Federal destinados à construção de grandes obras de infraestrutura nacional e programas habitacionais, mas também a expansão do mercado imobiliário brasileiro.

Todos esses fatores de ordem de conjuntura econômica precisam de mão de obra para se desenvolver. A indústria da construção passou a demandar um maior número de trabalhadores que, atraídos pela oferta de emprego e salários melhores, passam a trabalhar no setor, a maioria das vezes sem o devido conhecimento técnico e sem noções básicas de segurança e saúde.

O Programa Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho destina-se a prevenir novos acidentes e contribuir para a formação não só de trabalhadores e empregadores conscientes da importância de se preservar um ambiente de trabalho seguro e saudável, mas de pessoas comprometidas com a valorização do trabalho e cientes de que trabalho digno, saudável e seguro é desdobramento natural do exercício da cidadania em um país democrático e justo. (Informações extraídas do site Trabalho Seguro, do TST - www.tst.jus.br)

Ato Público no Mineirão é parte do Programa Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho, do TST (imagem 2)
O evento no Mineirão deve reunir cerca de 2,5 mil operários que hoje trabalham no Consórcio Minas Arena, responsável pelas obras do Mineirão, e representantes do setor de construção civil (Fotos Leonardo Andrade)

Visualizações: