Coordenação Administrativa acompanha Projeto Piloto de Gestão e Avaliação de Desempenho por Metas

publicado 19/07/2012 15:10, modificado 19/07/2012 18:10

Foi realizada, no último dia 13, na Diretoria da Secretaria de Coordenação Administrativa (DSCA) do TRT-MG, a segunda reunião de acompanhamento dos diretores das unidades a ela vinculadas, na execução das metas acordadas, no início de 2012, pelo diretor de Coordenação Administrativa, Carlos Athayde Valadares Viegas. As reuniões de acompanhamento fazem parte do Projeto Piloto de Gestão e Avaliação de Desempenho por Metas e acontecem mensalmente para que os diretores possam compartilhar os desafios, os resultados e as ações que vêm sendo executadas e proceder a ajustes que se fizerem necessários.

O projeto foi implantado em fevereiro de 2012, na DSCA, quando Carlos Athayde teve a iniciativa de implementar nas diretorias da DSCA uma sistemática de gestão e avaliação de desempenho por metas alinhada ao Planejamento Estratégico do Tribunal. Sua intenção é que essa metodologia de gestão seja expandida em toda a Instituição. O gerenciamento do desempenho dos diretores vem sendo feito segundo a metodologia da Gestão e Avaliação por metas, nas suas três etapas: Planejamento das Metas, Acompanhamento e Avaliação do Desempenho e dos Resultados. "Há quem pense que saber definir e administrar uma lista de metas é apenas uma maneira de melhorar o fluxo de trabalho. É mais do que isso, saber gerenciar e avaliar o desempenho por metas ajuda a desenvolver o potencial da equipe, que se foca nos resultados esperados, e alinha os objetivos de cada servidor aos objetivos estratégicos da organização", destaca Athayde.

Coordenação Administrativa acompanha Projeto Piloto de Gestão e Avaliação de Desempenho por Metas (imagem 1)
"O desempenho efetivo de uma organização depende do desempenho individual e da atuação das equipes de trabalho", conclui Carlos Athayde

Participam das reuniões os diretores Mozart Secundino de Oliveira Júnior (Apoio Administrativo), Maria Beatriz Abreu Rodrigues de Sousa (Recursos Humanos), Cláudio Pena Rocha (Arquivo Geral), Hudson Luiz Guimarães da Diretoria de Engenharia, Maria de Fátima Monteiro Lobato Campos Ferreira (Pessoal), Geraldo Mendes Diniz (Saúde), Cláudia Sampaio Gonçalves (Material e Patrimônio) e as servidoras responsáveis pela execução e coordenação do projeto, Cynthia Pereira, Karim Biondini e Regina Dinelli.

Para a coordenadora do projeto, Regina Dinelli, "a experiência propiciará aos diretores envolvidos uma avaliação adequada da qualidade do desempenho de seus profissionais com o consequente reconhecimento do mérito, das boas práticas e dos resultados".

Destacam-se como metas da DSCA a eliminação de 120 mil autos findos da 1ª Instância arquivados de 2005 a 2006, a elaboração do catálogo de especificação de materiais até fevereiro de 2013, a implantação de políticas de devolução e de reaproveitamento de bens móveis até fevereiro de 2013, a racionalização e a otimização dos serviços de limpeza da Capital até dezembro de 2012, o atendimento ao Indicador 24 do Planejamento Estratégico das condições de trabalho (saúde e segurança) e o desenvolvimento dos gestores em competências estratégicas, atendendo ao indicador 19 do planejamento estratégico.

Segundo o diretor de Coordenação Administrativa, ainda, as metas não se realizam por si só, dependem de um processo diário de gestão, avaliação e acompanhamento. "Gestão e Avaliação de Desempenho por Metas permite aos gestores uma visão mais clara na condução das rotinas de trabalho, no reconhecimento das contribuições dos servidores e das equipes e na promoção do desenvolvimento de suas competências".

Coordenação Administrativa acompanha Projeto Piloto de Gestão e Avaliação de Desempenho por Metas (imagem 2)
Fotos ACS

Visualizações: