Pleno aprova alterações no Planejamento Estratégico do TRT

publicado 16/12/2011 14:00, modificado 16/12/2011 16:00
Divulgado relatório de desempenho da estratégia do TRT3 em 2012 (imagem 1)

O Tribunal Pleno, em sessão realizada nesta quinta (15), aprovou, por unanimidade, a proposta de alteração e refinamento do Planejamento Estratégico do TRT, que será executado a partir de janeiro de 2012, tendo 31 indicadores e 33 projetos estratégicos. De acordo com a proposta apresentada e aprovada pelo Tribunal Pleno, o mapa estratégico do Tribunal terá em sua composição um novo objetivo estratégico: "Incentivar a Conciliação".

Os ajustes contidos na proposta, precedidos de minucioso trabalho de revisão da estratégia do Tribunal, conduzida pela Tantum Group Consultoria Empresarial, em conjunto com a Assessoria de Planejamento Estratégico do TRT, "visam ao aperfeiçoamento e expansão do Planejamento Estratégico, a fim de garantir o maior envolvimento de magistrados e servidores com a execução da estratégia e propiciar o alinhamento da instituição aos instrumentos de gestão administrativa e econômico-financeira, entre os quais à Lei de Diretrizes Orçamentárias e Lei Orçamentária Anual".

A revisão pontua o início de uma nova etapa no esforço empreendido pelo Tribunal com vistas ao alcance da sua visão de futuro "ser referência na sociedade por meio da prestação jurisdicional, caracterizada pela celeridade e qualidade no atendimento aos usuários e pela excelência dos seus processos de gestão". (Assessoria de Planejamento Estratégico)

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br