Nota Pública: TST e CSJT lamentam profundamente morte de trabalhadores na Arena do Corinthians

publicado 28/11/2013 12:46, modificado 28/11/2013 14:46

A presidência do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) lamenta profundamente as mortes dos trabalhadores Fábio Luiz Pereira e Ronaldo Oliveira dos Santos, ocorridas na construção Arena do Corinthians, na cidade de São Paulo, e expressa seus sentimentos e sua solidariedade aos familiares, amigos e colegas dos operários.

A construção civil é um dos setores com o maior número de vítimas fatais em acidentes de trabalho no Brasil. Por essa razão, foi foco das ações de incentivo à prevenção desenvolvidas pelo Programa Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho do TST e do CSJT em 2012, inclusive com a realização de ato público na Arena, em maio do ano passado, pela segurança do trabalho na construção civil.

O TST e o CSJT conclamam empresas, trabalhadores, sindicatos, instituições públicas, associações e governos a se engajarem efetivamente em ações de prevenção de acidentes de trabalho. Não podemos ficar indiferentes a essa realidade, em que o trabalhador sai para trabalhar e não retorna para a sua casa. (Secom/TST)

Ministro Carlos Alberto Reis de Paula Presidente do TST e do CSJT

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br