PJe é inaugurado no Foro Trabalhista de Barbacena

publicado 08/07/2013 10:59, modificado 08/07/2013 13:59

Com a instalação do Processo Judicial Eletrônico, na manhã desta segunda-feira, no foro trabalhista de Barbacena - 2ª cidade do interior do estado a receber a Justiça do Trabalho, onde foi inaugurada em 1º de janeiro de 1959, a 1ª Junta de Conciliação e Julgamento - as duas varas do trabalho da cidade iniciam uma outra fase: todas as novas ações de Barbacena e dos demais municípios de sua jurisdição, passam somente a ser recebidas pelo sistema eletrônico. Vale destacar, que nos processos anteriores a essa instalação, formados pelo modo tradicional, as petições continuam a tramitar de forma tradicional.

PJe é inaugurado no Foro Trabalhista de Barbacena (imagem 1)
Juiz Fabiano de Abreu Pfeilsticker e advogado Reynaldo Humberto de Abreu Simões durante protocolização do primeiro processo eletrônico de Barbacena

Tendo como titulares os juízes Anselmo José Alves e Vânia Maria Arruda, respectivamente na 1ª e na 2ª Vara do Trabaho, presentes à instalação, o foro de Barbacena recebeu nesse primeiro semestre de 2013, 1609 novas ações provenientes não só do município, mas também de Alfredo Vasconcelos, Alto Rio Doce, Antônio Carlos, Aracitaba, Barbacena, Barroso, Bias Fortes, Capela Nova, Carandaí, Cipotânea, Desterro do Melo, Ibertioga, Oliveira Fortes, Paiva, Ressaquinha, Santa Bárbara Tugúrio, Santa Rita do Ibitipoca, Santos Dumont e Senhora dos Remédios, que integram a jurisdição do foro.

Prestigiando a solenidade, a presidente do Tribunal Regional do Trabalho, desembargadora Deoclecia Amorelli Dias, acompanhou a protocolização da primeira ação a tramitar pelo novo sistema, executada pelo advogado Reynaldo Humberto de Abreu Simões, presidente da 3ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção Minas Gerais, cujo processo recebeu o número 10.001 com audiência agendada para o próximo dia 23 de julho, às 14 horas.

PJe é inaugurado no Foro Trabalhista de Barbacena (imagem 2)
Juiz Pedro Paulo de Souza Ameno e desembargadores Luiz Antônio de Paula Ienacco, Fernando Rios Neto, Maria Laura Franco Lima de Faria, Bolívar Viégas Peixoto e Deoclecia Amorelli Dias

Em seu pronunciamento, além de elogiar o município, "capaz de gerar riquezas pelo seu encantamento", a presidente do tribunal destacou as vantagens do PJe "o maior e mais revolucionário e ao mesmo tempo desafiador projeto no Poder Judiciário de todos os tempos, que irá mudar a vida das pessoas que respondem, de uma ou de outra forma, pela prestação jurisdicional tornando-a mais célere, simples e transparente, além de econômica e ecologicamente exemplar".

Já o presidente da 3ª Subseção da OAB, Reynaldo Simões, além de elogiar o TRT de Minas que vem conseguindo o inimaginável para tornar a justiça mais célere, destacou também, em sua manifestação, a parceria realizada com o tribunal para a capacitação dos advogados trabalhistas da região para usarem o PJe. Sobre o novo sistema, a juíza Vânia Maria Arruda, diretora do foro, falou de seu otimismo com o processo eletrônico, um grande passo rumo à modernidade, assim como foram em sua época, a máquina de escrever e a informatização.

Da solenidade participaram também os desembargadores Bolívar Viégas Peixoto, corregedor do TRT; Fernando Rios Neto; Luiz Antônio de Paula Ienacco e Maria Laura Franco Lima de Faria, natural de Barbacena. E, ainda, Pedro Paulo de Souza Ameno, juiz do trabalho aposentado que atuou em Barbacena; juiz Fabiano de Abreu Pfeilsticker, membro do comitê de implantação do PJe; Eliel Negromonte Filho e Sandra Pimentel Mendes, respectivamente, secretário-geral da presidência e diretora judiciária; Lúcia Bernardes, coordenadora-geral do Sitraemg; autoridades civis da região, advogados, servidores e a comunidade. (De Barbacena, Divina Dias)

PJe é inaugurado no Foro Trabalhista de Barbacena (imagem 3)
Desembargadora Deocleica Amorelli Dias e servidores das Varas do Trabalho de Barbacena (fotos Rachel Ameno)

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br