SINDIELETRO tem prazo para avaliar proposta de reajuste salarial

publicado 14/03/2006 21:00, modificado 15/03/2006 00:00

Dissídio Coletivo dos trabalhadores no setor de indústria energética

Terminou sem acordo a audiência de conciliação e instrução entre representantes do SINDIELETRO - Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores na Indústria Energética de Minas Gerais e da empresa Sá Carvalho S.A realizada na terça-feira, 14 de março de 2006, para julgamento do processo de Dissídio Coletivo da categoria.

Durante a audiência, foi mantida uma proposta de 4,65% de reajuste salarial e 2,49% de produtividade, mas sem a recomposição salarial, a participação nos resultados e o piso salarial. A proposta será apresentada, pelo sindicato, à categoria para deliberação em assembléia dos trabalhadores.

A audiência foi presidida pela Juíza Instrutora, Maria Laura Franco Lima de Faria, que atendeu ao pedido das partes suspendendo o feito por 34 dias. A próxima audiência foi marcada para o dia 18 de abril de 2006, às 15:00 horas, no 8º andar do Edifício-Sede, Avenida Getúlio Vargas 225.


Visualizações: