Termina sem acordo audiência de dissídio coletivo dos trabalhadores em empresas de transporte e manutenção ferroviária de Conselheiro Lafaiete

publicado 21/02/2006 21:00, modificado 22/02/2006 00:00

A fase conciliatória do processo de dissídio coletivo entre o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes e Manutenção em Equipamentos Ferroviários de Conselheiro Lafaiete e a MRS Logística S/A foi encerrada, na terça-feira, dia 21 de fevereiro de 2006.

Durante a audiência foi feita a seguinte proposta conciliatória: a extensão do acordo firmado com os demais Sindicatos e que já está sendo praticado, acrescido do aumento real de 8% para o período 2004/2005, além da  realização de uma perícia abrangendo os dois exercícios (2004/2005 e 2005/2006) para verificação de resultados e da capacidade econômica da empresa para nortear a negociação do período 2005/2006.

O sindicato levará a proposta à deliberação de uma Assembléia Geral da categoria, cujo resultado será informado nos autos, e a empresa rejeitou a proposta.

A Juíza Instrutora, Maria Laura Franco Lima de Faria, concedeu um prazo à empresa, até o próximo dia 08 de março, para apresentação da defesa. A partir dessa data, o Sindicato tem até o dia 13 de março para impugnação da defesa.


Visualizações: