TRT-MG sedia reunião de Comitê de Atenção ao Migrante, Refugiado e Apátrida

publicado 19/04/2018 17:08, modificado 21/10/2018 11:22

Foto: Leonardo Andrade

Foi realizada, na tarde desta quinta-feira (19), no TRT-MG, com a presença de representante da Organização Internacional do Trabalho (OIT), mais uma reunião do Comitrate – Comitê Estadual de Atenção ao Migrante, Refugiado e Apátrida, Enfrentamento do Tráfico de Pessoas e Erradicação do Trabalho Escravo, iniciativa do governo estadual que prevê a articulação de ações do poder público e da sociedade civil para atender esses segmentos da população.

Aberto pelo desembargador Márcio Flávio Salem Vidigal, vice-presidente do TRT-MG, que substituiu na oportunidade o presidente Marcus Moura, esta reunião é uma etapa de finalização do Projeto Escravo nem Pensar, cooperação entre o Comitê e a ONG Repórter Brasil. Participaram os desembargadores deste Regional e membros do Comitrate, José Eduardo de Rezende Chaves Júnior e Paula de Oliveira Cantelli. 

O Comitrate tem por objetivo desenvolver, implantar e executar políticas públicas, em consonância com os tratados e convenções dos quais o Brasil é signatário, bem como com as políticas nacionais que estão sendo criadas.

Visualizações: