Cooperação judicial facilita pagamento de 2.500 trabalhadores em Ituiutaba

publicado 08/08/2018 18:34, modificado 13/12/2018 13:52

Um plano de cooperação judicial entre a Justiça do Trabalho em Ituiutaba e o Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas (TJAL) está tornando mais rápido o pagamento de aproximadamente 2.500 trabalhadores que possuem processos trabalhistas em face da Laginha Agroindustrial SA. A empresa, fundada em Alagoas, mas que possuía unidades na região de Ituiutaba, teve a falência decretada pelo TJAL em 2014.

Os juízes do TRT-MG que atuam no município Marcel Lopes Machado, Sheila Marfa Valério e Camilo de Lelis Silva aderiram ao plano de cooperação. O objetivo é facilitar a quitação dos créditos trabalhistas que ocorrerá a partir do momento em que o TJAL liberar os recursos oriundos de alienação de bens da empresa falida. Na primeira etapa do pagamento foram disponibilizados quase R$ 10 milhões, somados os valores das duas varas do trabalho de Ituiutaba.

Com a quitação dos créditos, muitos processos poderão ser arquivados em definitivo, diminuindo, assim, o acervo de execuções nas varas da cidade.

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa@trt3.jus.br