Enfrentamento e superação de violências é tema de seminário do Programa Trabalho Seguro

publicado 17/08/2018 18:43, modificado 21/10/2018 11:04

-

Fotos: Thiago Soraggi

O 1º vice-presidente do TRT-MG, desembargador Márcio Flávio Salem Vidigal, abriu, na manhã desta sexta-feira (17), o seminário “Saúde e Segurança no Trabalho: enfrentamento e superação de violências”, no plenário do 10º andar do edifício-sede do Tribunal, em Belo Horizonte.

Ele enalteceu a importância do encontro e a iniciativa do TST em institucionalizar o Programa Trabalho Seguro. “O seminário mostra o ativismo do poder judiciário, que ultrapassa o julgar e pensa em causas sociais e humanas. A violência é uma mazela social física e mental”, destacou.

A gestora regional do Programa Trabalho Seguro, desembargadora Denise Alves Horta, falou que é importante um ambiente saudável e seguro nas esferas privada e pública. “Temos que enfrentar a situação de violência no dia a dia e destacar esse importante tema do biênio 2018-2019”, lembrou.

A programação do evento contou com cinco mesas redondas e a presença de desembargadores, juízes, psicóloga, professora universitária, procuradores do MPT e auditores fiscais do trabalho. Os temas abordados foram: “Enfrentamento e superação das violências no trabalho”, “Os impactos da nova tecnologia na segurança do trabalho”, “Saúde e segurança no trabalho”, “O meio ambiente de trabalho e as pessoas com deficiência no Brasil” e “Trabalho seguro na terceirização”.

A palestra da ministra do TST Delaíde Alves Miranda Arantes sobre a importância e os desafios do Programa Trabalho Seguro encerrou a programação.

Acompanhe nos próximos dias a cobertura completa do evento feita pela equipe do Notícias Jurídicas.

Galeria de fotos 

Visualizações: