Cejusc1 faz acordo por videoconferência de mais de R$ 8 milhões

publicado 04/06/2020 10:07, modificado 04/06/2020 22:23

Foi homologado nessa quarta-feira (3), no Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas de 1º Grau (Cejusc1),  em audiência realizada por videoconferência, um expressivo acordo envolvendo quatro processos distintos  de um único reclamante contra uma instituição bancária.  Somente os encargos relativos aos processos, que tiveram início nos anos de 2014, 2015, 2018 e 2019, chegam a dois milhões de reais em recolhimentos. O líquido total a ser pago é de, aproximadamente, oito milhões e meio de reais.

Para a juíza Flávia Rossi, supervisora do Cejusc1, a construção do acordo, que envolveu intensa negociação entre as partes, demonstrou que a conciliação é o melhor e mais célere caminho para se por fim a uma controvérsia.

Resultados de maio

Fechada a estatística de maio do Cejusc1, apurou-se que, no mês, foram realizadas 154 audiências, todas de forma remota, e celebrados 81 acordos, que representam 52,60% do total de audiências, tendo os valores alcançado R$ 4.509.546,26.

Visualizações: