Em sessão telepresencial, Tribunal Pleno indica juízes titulares para cargos de desembargador

publicado 14/05/2020 17:37, modificado 15/05/2020 09:05

Em sessão inédita realizada por videoconferência e transmitida ao vivo pelo canal oficial do TRT-MG no Youtube, na tarde desta quinta-feira (14), o Tribunal Pleno indicou juízes titulares de varas do trabalho para o preenchimento de duas vagas de desembargador.

350_WhatsApp_Image_2020_05_14_at_15.07.55.jpgO juiz Cléber José de Freitas (foto), titular da 3ª Vara do Trabalho de Sete Lagoas, será o novo desembargador do TRT-MG, pelo critério de antiguidade. Ele foi indicado, por aclamação, para a vaga relativa à aposentadoria do desembargador José Eduardo de Resende Chaves Júnior.

Para prover a vaga decorrente da aposentadoria do desembargador João Bosco Pinto Lara, pelo critério de merecimento, o Tribunal Pleno elegeu juízes para integrar lista tríplice,  que será enviada para o presidente da República para a escolha do novo desembargador. Os mais votados foram Gisele de Cássia Vieira Dias Macedo (42ª VT de Belo Horizonte), Danilo Siqueira Castro Faria (48ª VT de Belo Horizonte) e Marcelo Moura Ferreira (VT de Sabará).

Ao todo, 10 juízes titulares inscreveram-se para o pleito. Para fundamentar seus votos, os desembargadores analisaram parâmetros como desempenho, presteza, produtividade, aperfeiçoamento técnico e conduta ética dos postulantes à vaga, como preconiza a Resolução 106/2010 do CNJ.

WhatsApp_Image_2020_05_14_at_16.59.22.jpeg

Os juízes integrantes da lista tríplice Gisele de Cássia Vieira Dias Macedo, Danilo Siqueira Castro Faria e Marcelo Moura Ferreira

Fotos: Leonardo Andrade

Aposentadorias

Após a sessão do Tribunal Pleno, teve início a sessão do Órgão Especial que, entre outras matérias, referendou as aposentadorias dos servidores João Donizetti da Silva, Joseni Lizandro e Waldênia Pereira Cunha Valeriano.

Teletrabalho

Antes do início da sessões, o presidente do TRT-MG, desembargador José Murilo de Morais, falou sobre a realização do trabalho remoto no Tribunal durante a pandemia da Covid-19. Ele avalia que a atuação do Tribunal nesse período tem sido satisfatória, que os equipamentos têm funcionado bem e que magistrados e servidores estão se adaptando bem ao teletrabalho.

WhatsApp_Image_2020_05_14_at_19.10.54.jpeg

Desembargadores durante sessão do Pleno desta quinta-feira - arte: Leonardo Andrade

Banner_JT_Nao_Para2.jpeg

Visualizações: