Advogado uruguaio conhece TRT mineiro

publicado 08/06/2016 12:57, modificado 08/06/2016 15:57
Advogado uruguaio conhece TRT mineiro (imagem 1)
Foto: Leonardo Andrade

O desembargador José Eduardo de Resende Chaves Júnior recebeu, nessa quarta-feira (08), a visita do advogado e professor universitário uruguaio Gustavo Gauthier. Antes de recebê-lo em seu gabinete com o juiz Bruno Alves Rodrigues, titular da 2ª Vara do Trabalho de Divinópolis, o desembargador acompanhou o visitante a uma sessão da 3ª Turma do TRT.

Gustavo Gauthier veio a Belo Horizonte para participar do V Congresso Latinoamericano de Direito Material e Processual do Trabalho, promovido pela PUC-Minas, que ocorre entre os dias 8 e 10 de junho. Ele proferirá palestra com o título "A Uberização do Trabalho" às 20h30 no campus do Coração Eucarístico da PUC. O nome da atividade utiliza neologismo oriundo de "uber", novo sistema de transporte viabilizado por meio da internet.

O professor e advogado uruguaio ficou impressionado com o caráter público das sessões dos tribunais brasileiros, pois no seu país, os julgamentos na 2ª Instância são secretos, sem possibilidade de sustentação oral. Na sua opinião, a transparência garantida por esse caráter público evita que surjam suposições sobre influências indevidas no julgamento, conferindo maior confiabilidade ao sistema judicial. Para ele, trata-se de uma forma de fortalecer a cidadania, sem grandes custos.

O desembargador do TRT aproveitou para mostrar ao visitante as vantagens do PJe.

O Uruguai implantou em 2009 uma nova tramitação especial para os processos trabalhistas que garante maior celeridade no julgamento em todas as instâncias. (David Landau)

Visualizações: