Alunos de Juiz de Fora participam do Programa de Ação Educativa do Centro de Memória

publicado 26/05/2015 15:04, modificado 26/05/2015 18:04

Nessa terça-feira, 50 alunos do décimo período do curso de Direito, da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), vieram conhecer a Justiça do Trabalho, por meio da Ação Educativa do Centro de Memória.

No primeiro momento, na Rua Curitiba, Centro de Belo Horizonte, os estudantes participaram do Laboratório de Atividades Judiciais e tiveram a oportunidade de examinar autos de processos judiciais históricos, que são registros detalhados de antigas demandas trabalhistas.

Alunos de Juiz de Fora participam do Programa de Ação Educativa do Centro de Memória (imagem 1)
Foto: Leonardo Andrade

Em seguida, foram à sede do Tribunal Regional do Trabalho de MG onde assistiram a sessão da 5ª Turma, presidida pelo desembargador Márcio Flávio Salem Vidigal. Após a sessão, os estudantes conheceram a Exposição Trabalho & Cidadania, conduzidos pelos servidores do Centro de Memória, atividade que encerrou a programação.

O professor Flávio Bellini Salles que, pela terceira vez, viajou com seus alunos para participar do Programa, afirmou que existe uma importância, inclusive histórica, de constatarem mediante o exame dos autos a relevância da prestação jurisdicional "como meio de composição dos conflitos, entre o capital e o trabalho". "É fundamental oportunidade de aprendizado extraclasse porque a experiência prática é uma complementação das aulas", disse ele.

O aluno Tarcizo Abdo Carim, 24 anos, considera muito difícil a escolha de apenas uma atividade como a melhor do dia. Para ele, sair do modelo expositivo proposto em sala de aula e vivenciar o direito trabalhista, em sua aplicação real, foi uma forma de aumentar sua sensibilidade. Tarcizo comentou, ainda, que acompanhou bem a sessão da 5ª Turma e que concordou com as decisões.

Alunos de Juiz de Fora participam do Programa de Ação Educativa do Centro de Memória (imagem 2)
Foto: Madson Morais

O Programa Justiça e Cidadania atende escolas da rede pública e privada da capital e do interior do Estado, abrangendo os ensinos fundamental, médio, universitário e supletivo. Magistrados voluntários participam do programa conduzindo as audiências simuladas. Interessados podem procurar os responsáveis pelo Centro de Memória. (Carolina Lobo - Estagiária/Ruth Vasseur)

Alunos de Juiz de Fora participam do Programa de Ação Educativa do Centro de Memória (imagem 3)
Foto: Madson Morais

Visualizações: