Conbrascom se encerra nesta sexta (19), com Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça

publicado 19/06/2015 08:50, modificado 19/06/2015 11:50
Conbrascom se encerra nesta sexta (19), com Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça (imagem 1)

Nesta sexta-feira (19), em festa após o encerramento do XI Congresso Brasileiro de Assessores de Comunicação da Justiça (Conbrascom), serão conhecidos os vencedores do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça, ao qual o TRT-MG concorre, na categoria Programa de TV, apresentando o TRT das Gerais. O prêmio será entregue, às 21 horas, no Balaio de Gato (Mercado Distrital do Cruzeiro, em Belo Horizonte). O TRT das Gerais é um dos três finalistas, e concorre com os programas Antes & Depois da Lei, do Superior Tribunal de Justiça; e Hora Extra, do TRT de Goiás.

Ontem, ao final do primeiro dia do XI Congresso, foram apresentados aos participantes os cases dos projetos finalistas da premiação, que destaca os melhores trabalhos das assessorias de comunicação do sistema de Justiça no Brasil. Cento e cinquenta e três trabalhos foram inscritos este ano, em diversas categorias. O TRT das Gerais é veiculado desde 2012 pela TV Justiça, com quatro exibições semanais: inédito, domingo, às 19 horas; reprises às terças e quintas, às 22 horas; e agora também às sextas-feiras, às 10h30min.

Abertura

O evento tem como tema Comunicação Pública: Gestão e Perspectivas no Sistema de Justiça, e foi aberto, ontem (18) pela manhã, no Auditório do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, à Rua Goiás, 229, com a presença da presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região - Minas Gerais, desembargadora Maria Laura Franco Lima de Faria; e também de outras importantes autoridades do Poder Judiciário em Minas Gerais, entre as quais o presidente do TRE-MG, desembargador Geraldo Augusto de Almeida; e o representante do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o 3º vice-presidente da entidade, desembargador Wander Paulo Marotta Moreira.

Participam do XI Conbrascom cerca de 190 assessores de comunicação do Judiciário e do Ministério Público, para debater estratégias, boas práticas e o futuro da Comunicação Pública. Ao abrir o evento, o presidente do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça, Vanderlei Ricken, comemorou o grande público e afirmou que o evento anual se tornou uma espécie de "parada obrigatória" para os profissionais do setor.

"Esse momento de reflexão é fundamental para que nós possamos compartilhar nossos dilemas, comparar o que está funcionado e buscar uma pauta comum. É muito bom ver esse auditório cheio, com sotaques e visões de todo o país", disse Ricken, lembrando que a programação do encontro foi construída de forma coletiva.

Por sua vez, representando o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, anfitrião do XI Congresso, o 3º vice-presidente da entidade, desembargador Wander Paulo Marotta Moreira, destacou o papel estratégico da comunicação em tempos de abundância de informação. "A internet trouxe um fluxo de informações exaustivo, às vezes caótico. Cabe a nós, do Judiciário, atuar para transformar esses dados em conhecimento, em poder, fortalecendo a democracia", ressaltou. "Nosso grande desafio é melhorar a percepção que os usuários têm sobre o nosso trabalho, e isso vai exigir uma mudança de atitude das próprias instituições e dos seus agentes".

Programação

Direcionado a assessores e profissionais de comunicação do Poder Judiciário, Ministério Público, Defensorias, Tribunais de Contas, Ordem dos Advogados, entidades representativas da magistratura e instituições afins, além de ministros, juízes, procuradores e promotores de Justiça, bem como jornalistas e estudantes universitários, o Conbrascom cumpre extensa programação de palestras e oficinas de debates. Confira aqui a programação do evento.

Pela Secom, foram inscritos para participar do Congresso o secretário de Comunicação Social Francisco Brant; Lucineide Pimentel, chefe de seção da TV TRT-MG; Natália Pacheco, também da TV; David Landau, da seção de Imprensa; e Maria das Graças Freitas, da seção de Publicidade e RP. (Outras Fontes: Fncj / XI Conbrascom /Fábio Abreu)

Visualizações: