Parque aquático do Villa Nova é arrematado em leilão da Semana Nacional de Execução

publicado 21/09/2016 15:29, modificado 21/09/2016 18:29
Parque aquático do Villa Nova é arrematado em leilão da Semana Nacional de Execução (imagem 1)

Com o objetivo de quitar dívidas na Justiça do Trabalho de Minas Gerais, o TRT-MG realizou, na manhã desta quarta-feira (21), como parte da programação da Semana Nacional da Execução Trabalhista, o Grande Leilão Nacional de Bens Penhorados, em que foram vendidos 46 lotes, dos 206 apregoados, arrecadando um total de R$ 9,5 milhões.

Parque aquático do Villa Nova é arrematado em leilão da Semana Nacional de Execução (imagem 2)

Dentre os diversos bens vendidos no leilão, destaca-se a alienação do Parque Aquático do Villa Nova pela quantia de R$ 3,2 milhões. Foram apregoados diversos bens como máquinas, equipamentos, motocicletas, ônibus, caminhões, tratores, carros, tanques para armazenagem de cerveja, sapatos, alimentos, salas, vagas de garagem, terrenos, casas, apartamentos e até bens inusitados, como urnas mortuárias.

No TRT de Minas, o mutirão de audiências de conciliação em processos na fase de execução acontece em todas as Varas do Trabalho do Estado e nas Centrais de conciliação de 1º e 2º graus, na Secretaria de Execuções e na Central de Pesquisa Patrimonial até a próxima sexta-feira (23).

Promovido pelo Conselho Nacional da Justiça Trabalhista (CSJT) em todo o Brasil, o mutirão busca reduzir o estoque de processos em fase de execução, o grande gargalo da justiça trabalhista. Somente no TRT-MG, são mais de 110 mil processos nesta fase e mais de 85 mil em arquivo provisório. (Texto: Almir Casagrande / Imagens: Filmavídeo)

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br