Presidente do CSJT assina programa de fortalecimento das ouvidorias da Justiça do Trabalho

publicado 22/08/2016 09:58, modificado 22/08/2016 12:58

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, do Conselho Superior da Justiça do Trabalho e ouvidor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Ives Gandra Martins Filho, assinou nesta quinta-feira (18), o Termo de Adesão ao Programa de Fortalecimento das Ouvidorias, iniciativa do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle que visa fortalecer e promover a integração das ouvidorias num sistema único de informatização. O documento foi assinado durante a 10ª Reunião Ordinária do Colégio de Ouvidores da Justiça do Trabalho (COLEOUV), em Brasília.

Após a assinatura, o presidente do COLEOUV, desembargador José Otávio de Souza Ferreira, disse que o ato foi importante para a consolidação e progresso das ouvidorias da Justiça do Trabalho. "Esse programa vai nos permitir a convivência em rede como um todo", salientou.

Ouvidores e seu papel

Em seu discurso, Ives Gandra afirmou que as pessoas que trabalham em ouvidorias têm que ter muita psicologia. "É realmente, eu diria, um segmento multidisciplinar. Tenho me deparado com uma série de indagações como Ouvidor-Geral do TST. A mais recente foi o problema de como vamos receber e que tratamento dar às denúncias anônimas", ressaltou.

O ministro da Transparência, Fiscalização e Controle, Torquato Jardim, presente no encontro, afirmou que o melhor serviço público do mundo é aquele que presta conta do que faz. "Tem que trabalhar com eficiência, tem que trabalhar com economicidade, com transparência e responsabilidade. E mais que responsabilidade legal e formal, e sim com a responsabilidade pela qualidade do produto final". (Fonte: Divisão de Comunicação do CSJT)

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br