Semana de conciliação trabalhista começa nesta segunda

publicado 10/06/2016 12:33, modificado 10/06/2016 15:33

A II Semana Nacional da Conciliação Trabalhista será aberta nesta segunda-feira (13), pelos desembargadores Júlio Bernardo do Carmo e Ricardo Antônio Mohallem, presidente e 1º vice-presidente do TRT3, respectivamente. Eles acompanharão a abertura dos trabalhos pela Central de Conciliação de 1º Grau, às 8h e pela Central de Conciliação de 2º Grau, às 13 horas. A campanha, promovida pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), acontece em todo o país, até sexta-feira (17).

No Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, a expectativa é de que sejam realizadas mais de 1.600 audiências nas Centrais de Conciliação de 1º grau e 2º Graus. As 158 Varas do Trabalho, na capital e no interior do estado, também estarão envolvidas na campanha.

Algumas dessas audiências foram incluídas nas pautas das Centrais de Conciliação a pedido de empresas que possuem muitos processos na Justiça do Trabalho mineira. Essa é uma forma de elas não verem aumentar os seus débitos trabalhistas, que crescem de acordo com o tempo que o processo leva para ser resolvido.

A Central de Conciliação de 1º Grau trabalhará, ao mesmo tempo, com 12 mesas de conciliação, onde atuarão seis juízes e 10 servidores com atribuição de conciliadores. Entre os magistrados, há duas juízas da própria Central e outros quatro juízes substitutos. No 2º grau, 345 audiências foram marcadas a pedido de, pelo menos, uma das partes. Alguns desses processos estavam em Brasília, aguardando por decisão no Tribunal Superior do Trabalho.

Os 24 Tribunais Regionais do Trabalho do país participarão da II Semana de Conciliação Trabalhista. O seu principal objetivo é contribuir com a cultura da solução consensual dos litígios. A campanha está embasada no conceito de que a conciliação é fruto de um gesto de boa vontade e de que todos os envolvidos participam da solução dos conflitos.

Visualizações: