Serão no domingo as provas do concurso do TRT-MG, com recorde de inscritos

publicado 21/07/2015 14:54, modificado 21/07/2015 17:54

Serão realizadas, domingo (26), em Belo Horizonte as provas organizadas pela Fundação Carlos Chagas para o Concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT-MG), destinado ao provimento de vagas e à formação de cadastro de reserva para cargos de nível médio e superior, em diversas especialidades. As provas serão aplicadas em diversos locais em Belo Horizonte, muitos dos quais agrupados em uma mesma instituição, como, por exemplo, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a  Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). Supervisiona o concurso a comissão composta pelas desembargadoras Emília Facchini, 2ª vice-presidente, ouvidora e diretora da Escola Judicial; Deoclecia Amorelli Dias, ex-presidente; e Mônica Sette Lopes.

Recorde de inscrições

O total de inscritos chega a 134.270 candidatos, incluindo aqueles que concorrerão a mais de um nível: são 65.793 inscritos para técnico administrativo, 25.987 para analista judiciário, 7.129 para oficial de justiça, para um total de 32 cargos. Segundo a chefe da seção de Concurso, Isaura Emília Dias de Souza, este ano há o maior número de candidatos já registrados na história do TRT-MG, seguindo uma trajetória de crescimento: em 2009, cerca de 110 mil concorreram às vagas do tribunal. Em consequência do recorde, os hotéis da cidade de Belo Horizonte, segundo a Imprensa, alcançam ocupação total nesse final de semana. Sequer na Copa do Mundo de Futebol de 2014 houve tanta demanda.

Os salários para os diversos cargos variam entre R$ 5.425,79 e R$ 10.485,62, e, juntamente com a estabilidade no trabalho, são considerados grandes atrativos que motivam brasileiros de todas as regiões a tentarem conquistar as vagas disponíveis. Esse foi também o caso acontecido com a atual servidora Carolina Achilles, 32 anos, aprovada no último concurso do TRT-MG para o cargo de Técnico Judiciário - Área Administrativa. Ela trabalhava com Comércio Exterior e tinha ficado desempregada em 2009, em decorrência da crise Europeia. "Foi preciso muito estudo e dedicação", comentou ela sobre o esforço para ser aprovada no concurso.

Atualmente, Carolina, que é formada em Educação Física e Design Gráfico, trabalha no setor de publicidade do TRT 3ª Região. Mas antes também trabalhou na 1ª e na 8ª Vara do Trabalho, atuando na secretaria e no balcão. Para ela, "é preciso estudar bastante, mas também ter calma ao fazer a prova e confiar em Deus". "Também é necessário estar pronto para trabalhar bastante. Porque temos muita demanda aqui no TRT, concluiu".

Informações de serviço

A prova será realizada pela manhã para os cargos que exigem o nível médio: Técnico Judiciário - Área Administrativa; Técnico Judiciário - Área Administrativa - Especialidade Contabilidade; e Técnico Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidades: Enfermagem e Tecnologia da Informação. Os candidatos devem se apresentar no local da prova às 7h30min, e às 8 horas os portões serão fechados. A duração da prova será de 4 horas e 30 minutos. Por medida de segurança, não será permitida a saída do candidato do local de prova antes de decorrida 1 (uma) hora de sua realização.

No período da tarde, farão prova os candidatos a cargos de nível superior: Analista Judiciário - Área Judiciária - Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal, Analista Judiciário - Área Judiciária, Analista Judiciário - Área Administrativa, Analista Judiciário - Área Administrativa - Especialidade Contabilidade, Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidades: Estatística, Arquitetura, Arquivologia, Biblioteconomia, Comunicação Social, Enfermagem, Engenharia, Engenharia (Civil), Engenharia (Elétrica), Engenharia (Mecânica), Engenharia (Segurança do Trabalho), Fisioterapia, História, Medicina, Medicina (Cardiologia), Medicina (do Trabalho), Medicina (Psiquiatria), Odontologia, Odontologia (Endodontia), Odontologia (Pediatria), Odontologia (Prótese), Psicologia, Serviço Social e Tecnologia da Informação.

A apresentação dos candidatos será às 14h; e o fechamento dos portões, às 14h30min A duração da prova será de 4 horas e 30 minutos , e também por medida de segurança o candidato não poderá sair do local de prova antes de passar 1 (uma) hora a contar de sua realização.

De acordo com a BHTrans, não haverá linhas especiais para transportar passageiros aos locais de prova para realização do concurso. Porém é possível a alteração do quadro de horários de linhas que circulam próximo a locais de prova, visando aumentar a oferta de ônibus para melhor atender a população.

Acesse o site da organizadora deste concurso, Fundação Carlos Chagas, clicando aqui .

(Estagiária Carolina Lobo)

Visualizações: