Simulação de incêndio consegue evacuar prédio da Augusto de Lima em 12 minutos

publicado 12/09/2016 15:00, modificado 12/09/2016 18:00
Simulação de incêndio consegue evacuar prédio da Augusto de Lima em 12 minutos (imagem 1)
Para o engenheiro Gustavo Mendes, da Seção de Saúde Ocupacional, coordenador do exercício de simulação de incêndio realizado na última sexta-feira, "a atuação do brigadista faz diferença em qualquer tragédia"

Em um exercício de emergência simulada, foi realizada, na última sexta-feira (9), a evacuação dos prédios da Av. Augusto de Lima e Rua Mato Grosso (Foro Trabalhista de Belo Horizonte) para treinamento das brigadas de emergência do tribunal com o objetivo de torná-las capazes a atuar na prevenção e combate de incêndios. A escolha dos prédios para a simulação, entre todos os da Justiça do Trabalho de Minas, justifica-se pelo grande fluxo de pessoas que circulam no fórum (média de 10 mil por dia) e pela verticalidade dos prédios, fator dificultador nesse tipo de ocorrência. Já a escolha da sexta-feira foi pensada por ser o dia da semana de menor movimento de pessoas naqueles edifícios.

Simulação de incêndio consegue evacuar prédio da Augusto de Lima em 12 minutos (imagem 2)

Pelo planejamento, a ação coordenada pela Seção de Saúde Ocupacional do TRT distribuiu nos diversos andares dos prédios, 42 brigadistas, servidores do TRT, treinados para prevenção e combate de incêndios, prestação de primeiros socorros e evacuação de ambientes. Nessa ação de simulação de um incêndio, que incluiu a presença de um caminhão do Corpo de Bombeiros, os brigadistas, postados um em cada andar, orientaram as 300 pessoas que circulavam no fórum (servidores, advogados e partes) a descerem para o andar térreo, sem uso do elevador, interditado quando soou o alarme às 15 horas. Em doze minutos a evacuação foi cumprida no prédio da Augusto de Lima, em seis minutos, no da Mato Grosso, e em quatro, no seu anexo, tudo dentro do previsto.

O exercício realizado pela primeira vez em uma unidade da JT mineira é consequência de um trabalho iniciado há três anos quando da publicação do edital para contratação de empresa especializada em treinamentos de emergência. Pela proposta, outras ações estão previstas, incluindo a reciclagem constante dos brigadistas, que deve inclusive alcançar os servidores do interior do estado. (Fotos: Augusto Ferreira)

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br