Suspensa a Greve do Hospital Risoleta Neves

publicado 28/11/2016 12:32, modificado 28/11/2016 14:32

Em assembléia-geral realizada no início da tarde desta segunda-feira (28), em Belo Horizonte, os profissionais que prestam serviços ao Hospital Risoleta Tolentino Neves, em greve desde o dia 13 do corrente mês, acolheram a proposta patronal de pagamento de R$150,00 a cada trabalhador, exclusivamente no mês de dezembro de 2016, a título de antecipação salarial, e decidiram, como consequência, pela suspensão da greve a partir desta terça-feira, dia 29, até o julgamento do dissídio coletivo de natureza econômica ajuizado pelo sindicato que os representa. A informação foi prestada pelo advogado do sindicato, Renato Luiz Pereira.

A proposta, formulada pela Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (FUNDEP) e levada à assembléia pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Assessoramento, Pesquisas, Perícias, Informações e Congêneres de Minas Gerais (SINTAPPI-MG), foi apresentada em audiência presidida pelo desembargador Ricardo Antônio Mohallem, 1º vice-presidente do TRT-MG, realizada na manhã desta segunda-feira (28), no plenário do 10º andar do edifício anexo, na Av. Getúlio Vargas, 265, em Belo Horizonte.

O pagamento dos R$150,00 será feito juntamente com o 13º salário de 2016 e descontado no julgamento do referido dissídio. Os dias parados serão compensados num período de 8 meses, a partir de janeiro de 2017. Nessa compensação será levado em consideração o saldo do banco de horas. (Walter Salles)

Visualizações: