TRT terá posto de biometria

publicado 16/02/2016 16:12, modificado 16/02/2016 18:12

Uma parceria firmada entre o TRT e o TRE vai permitir que magistrados e servidores da Justiça do Trabalho possam fazer o cadastramento biométrico e a transferência de domicílio eleitoral em um posto da Justiça Eleitoral, que vai funcionar no edifício "Sede 265", na Avenida Getúlio Vargas, a partir do início do próximo mês de março.

Segundo o TRE, a Biometria Ordinária não será obrigatória para as próximas eleições que ainda serão mistas: com identificação tradicional e com identificação biométrica. O microterminal da urna eletrônica terá leitor biométrico e será o mesmo para os dois tipos de identificação.

Vale informar que tanto para o cadastramento biométrico quanto para a transferência de domicílio serão necessários documento de identidade oficial com foto, comprovante de endereço (data de emissão depende de cada município) e comprovante de quitação militar (para homens maiores de 18 anos, que forem fazer o título pela primeira vez).

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br