Aberto em Caxambu-MG o I Congresso Mineiro de Justiça Digital e Direito do Trabalho

publicado 21/08/2008 20:59, modificado 21/08/2008 23:59

Em solenidade bastante prestigiada, foi aberto esta noite, em Caxambu, no Hotel Glória, o I Congresso Mineiro de Justiça Digital e Direito do Trabalho.

As conferências de abertura, presididas pelo ministro Aloysio Corrêa da Veiga, do Tribunal Superior do Trabalho, foram proferidas pelo professor Joaquim Pérez Rey, da Universidad Castilha-La Mancha, da Espanha, e pelo desembargador Antônio Álvares da Silva, do TRT da 3ª Região, que abordaram, respectivamente, os temas “As novas tecnologias e o Direito do Trabalho, na visão da doutrina e jurisprudência espanholas” e “Processo Eletrônico: solução ou fantasia?”

Presentes à solenidade de abertura do congresso, além do ministro do TST, os desembargadores Paulo Roberto Sifuentes Costa, presidente do TRT-MG, Caio Vieira de Mello, vice-presidente judicial, Maria Lúcia Cardoso de Magalhães, vice-presidente administrativo, Eduardo Augusto Lobato, corregedor, e Luiz Otávio Linhares Renault, diretor da Escola Judicial.

E, ainda, os desembargadores Anemar Pereira Amaral, Emerson José Alves Lage, Jales Valadão Cardoso, José Roberto Freire Pimenta e Paulo Roberto de Castro, os juízes Olívia Figueiredo Pinto Coelho, presidente da Amatra3, José Eduardo de Resende Chaves Júnior, vice-presidente da Rede Latino Americana de Juízes – Redlaj, magistrados da 3ª Região, autoridades municipais, advogados, servidores e estudantes de Direito.

Em seu pronunciamento, o diretor da Escola Judicial, desembargador Luiz Otávio Linhares Renault, saudou os presentes, destacando que “o congresso é uma oportunidade para ouvir, falar, pensar e debater temas tão importantes para o Judiciário”.

O presidente do TRT, desembargador Paulo Sifuentes, lembrou que o processo eletrônico é uma das ferramentas mais eficazes de combate à burocracia e à morosidade processual, ressaltando, ainda, que "trata-se de tema dos mais empolgantes, porque significa a entrada em uma nova era, com ruptura de padrões enraizados, constituindo uma verdadeira mudança de cultura no âmbito de uma comunidade sabidamente conservadora".

O I Congresso Mineiro de Justiça Digital e Direito do Trabalho, que será encerrado no sábado, é uma realização da Escola Judicial do TRT da 3ª Região, com apoio da Amatra3; Associação dos Magistrados Brasileiros – AMB; Escola Nacional da Magistratura; Instituto de Pesquisas e Estudos da Magistratura e Ministério Público do Trabalho – Ipeatra; Instituto Brasileiro de Direito Eletrônico; Prefeitura Municipal de Caxambu; Ordem dos Advogados do Brasil/Seção MG e Redlaj, e o patrocínio do Bradesco Vida e Previdência, da Oi Telecomunicações e da Caixa Econômica Federal.

Aberto em Caxambu-MG o I Congresso Mineiro de Justiça Digital e Direito do Trabalho (imagem 1)
Juíza Olívia Figueiredo Pinto Coelho; Juiz Marco Antônio Ribeiro Muniz Rodrigues, titular da VT de Caxambu; desembargadores Luiz Otávio Linhares Renault e Paulo Sifuentes; vereador Clóvis Renato Soares de Almeida, vice-presidente da Câmara Municipal; desembargador Antônio Álvares da Silva; Júlio Antônio de Paiva Leite, presidente da 64ª Subseção da OAB, e Joaquín Pérez Rey

Visualizações: