Aprovado projeto para criação de estúdio no TRT

publicado 13/09/2007 12:00, modificado 13/09/2007 15:00

Entra em operação no início do próximo ano, no Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, um estúdio para produção de vídeos e programas de rádio e TV. A criação do estúdio é uma das metas da atual administração e sua estrutura será igual a de outros tribunais e à do Supremo Tribunal Federal, que coordena a TV e a Rádio Justiça.

Para o presidente do TRT, desembargador Tarcísio Alberto Giboski, que aprovou o projeto, “esta será uma possibilidade de mostrar ao público, por meio das ferramentas da comunicação social, a excelência do trabalho que a instituição desenvolve, aproximando-a da sociedade e dando ciência de sua prestação jurisdicional”. O presidente destacou, ainda, que o projeto do estúdio foi viabilizado graças ao trabalho desenvolvido pela Comissão de Informática do TRT composta pelos desembargadores José Murilo de Morais, Paulo Roberto de Castro e Anemar Pereira Amaral, encarregados, pelo presidente, da reestruturação da Assessoria de Comunicação Social.

O estúdio do TRT vai funcionar, juntamente com as demais subsecretarias da ACS, no prédio anexo ao Edifício-sede e para operá-lo os profissionais da Assessoria de Comunicação Social já estão passando por capacitação.

Aprovado projeto para criação de estúdio no TRT (imagem 1)
Hudson Luiz Guimarães, diretor da Secretaria de Engenharia, Jânio Fernandes, servidor da ACS, André Mascarenhas, assessor de Comunicação Social, Luís Paulo Garcia Faleiro, diretor-geral, Guilherme Araújo, secretário-geral da Presidência, desembargadores Tarcísio Giboski, presidente do TRT, e Paulo Roberto de Castro, membro da Comissão de Informática

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br