Assessores de Comunicação do Judiciário reúnem-se em Brasília

publicado 30/10/2006 03:00, modificado 30/10/2006 06:00

O assessor de comunicação do TRT de Minas, André Mascarenhas, participa, nesta segunda, 30, em Brasília, de reunião com a Secretaria de Comunicação do STF e com a Assessoria de Comunicação Social do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). No encontro, os profissionais de comunicação de todo o Poder Judiciário irão definir as estratégias de divulgação do Movimento pela Conciliação lançado em 23 de agosto, pelo CNJ, com o objetivo de difundir uma nova cultura no país para a resolução de conflitos, e acertar uma ação conjunta para o Dia Nacional de Conciliação, marcado para o dia 8 de dezembro. Nesse dia, estão programados mutirões de audiências de conciliação em todo o país.

A Justiça de Conciliação favorece o processo de paz social ao fomentar a cultura do diálogo e tornar a Justiça mais efetiva e ágil reduzindo o número de conflitos litigiosos e o tempo para análise dos processos judiciais. Atualmente, a taxa de conciliação no país, que está entre 30 e 35%, é considerada baixa, já que nos países desenvolvidos o índice chega a 70%.

O encontro dos assessores começa às 14h, na sala de sessões da Primeira Turma, no anexo II do STF.

Visualizações: