Execução provisória trabalhista depois da reforma do CPC é tema de palestra no TRT

publicado 08/10/2007 05:25, modificado 08/10/2007 08:25

O livro “Execução Provisória Trabalhista Depois da Reforma do CPC” (Editora LTR) de autoria do desembargador Antônio Álvares da Silva, do TRT-MG, foi lançado nessa sexta, 5 de outubro, pelo Projeto Leis & Letras.

Execução provisória trabalhista depois da reforma do CPC é tema de palestra no TRT (imagem 1)

O autor proferiu palestra sobre o tema da obra e, em seguida, participou de concorrida sessão de autógrafos, no espaço da exposição da Memória da Justiça do Trabalho.

Antônio Álvares é professor titular de Direito do Trabalho da Faculdade de Direito da UFMG, pós-graduado pelas Universidades de Berlim, Munique e Constância, na Alemanha, de Salzburg, na Áustria, de Bologna, na Itália, e de Coimbra, em Portugal. É autor de mais de 30 obras sobre Direito do Trabalho, sendo membro efetivo da Academia Brasileira de Direito do Trabalho e membro da Comissão Permanente de Direito Social, que assessora o ministro do Trabalho em questões ligadas ao Direito do Trabalho e à Reforma da Legislação Trabalhista.

O evento é uma promoção do Centro de Memória/Escola Judicial do TRT ( Projeto Leis & Letras) em parceria com a Biblioteca Juiz Cândido Gomes de Freitas. Apoio: Associação dos Magistrados da JT da 3ª Região (Amatra3) e Editora LTR.

professor João Bosco Leopoldino, coordenador de pós-graduação da Escola de Direito da UFMG; desembargador Antônio Álvares da Silva; desembargadora Maria Laura Franco Lima de Faria, vice-presidente judicial do TRT-MG; desembargador José Roberto Freire Pimenta, diretor da Escola Judicial do TRT-MG; juiz Vicente de Paula Maciel Júnior, titular da 28ª VT de BH e representante da Amatra3; advogado Fernando José Oliveira, da Associação Mineira de Advogados Trabalhistas e a professora Silma Bert, da Escola de Direito da UFMG.

Visualizações: