Filme e debate sobre meio ambiente no TRT-MG

publicado 12/06/2008 15:43, modificado 12/06/2008 18:43

Prosseguem no TRT mineiro as comemorações pela passagem do Dia do Meio Ambiente, transcorrido no último dia 5 de junho, quando foi retomada, na instituição, a coleta seletiva, por enquanto, nos prédios da Justiça do Trabalho da capital.

Na tarde desta quinta-feira, dia 12, a Comissão de Gestão Ambiental do TRT-MG promoveu a exibição do filme Uma Verdade Inconveniente , documentário de Al Gore, ex-vice-presidente dos Estados Unidos, sobre o aquecimento global.

Visto por milhões de pessoas, o filme é uma severa advertência para a humanidade sobre a responsabilidade do homem nas mudanças climáticas. É um documentário ambientalista e, por isso mesmo, político. As imagens, chocantes, mostram as atuais alterações que o nosso planeta está experimentando e elas são, também, a evidência da irresponsabilidade dos políticos que se negam a reconhecer a urgência de tocar no assunto e o pouco tempo que resta para evitar a catástrofe total. O filme, protagonizado por Al Gore e dirigido por Davis Guggenheim, não retrata a verdade do passado recente, mas a verdade do futuro imediato.

Terminada a exibição, no 8ª andar do edifício-sede, foi realizada uma mesa redonda, com a participação do geólogo Edézio Teixeira de Carvalho, consultor em geologia ambiental, e do jornalista Demóstenes Romano Filho, consultor em meio ambiente e ecologia humana.

Filme e debate sobre meio ambiente no TRT-MG (imagem 1)
Demóstenes Romano e Edézio Carvalho participaram de mesa redonda com membros da Comissão de Gestão Ambiental do TRT-MG (Foto:Leonardo Andrade/ACS)

Visualizações: