Lançamento da Revista do TRT fecha Seminário sobre execução trabalhista

publicado 26/09/2008 17:00, modificado 26/09/2008 20:00

O seminário A Efetividade da Execução no Processo do Trabalho - novas perspectivas foi encerrado nesta sexta-feira, 26 de setembro, com a exposição do Painel A Efetividade da Execução e os atos de Constrição e Expropriação Patrimonial na Justiça do Trabalho da 3a Região - perspectivas de aprimoramento .

O desembargador Luiz Otávio Linhares Renault, diretor da Escola Judicial, coordenou os debates sobre o tema (foto), dos quais participaram o desembargador Eduardo Augusto Lobato, corregedor do TRT-MG, a juíza Ana Maria Amorim Rebouças, titular da 15ª VT de BH e membro da Comissão de Execução do TRT, e a juíza Graça Maria Borges de Freitas, titular da VT de Formiga e coordenadora acadêmica da Escola Judicial.

Lançamento da Revista do TRT fecha Seminário sobre execução trabalhista (imagem 1)
Foto: Leonardo Andrade/ACS

Na seqüência, a Escola Judicial promoveu o lançamento da Revista nº 76 do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, evento que contou com a presença do ministro Manoel Mendes de Freitas, aposentado do TST, dos desembargadores Maria Lúcia Cardoso de Magalhães, vice-presidente administrativo, Luiz Otávio Linhares Renault, diretor da Escola Judicial, e Antônio Álvares da Silva, além da juíza Adriana Goulart de Sena, que é coordenadora da Revista.

Na oportunidade, o ministro Manoel Mendes de Freitas fez um registro histórico dos desafios enfrentados para elaborar a primeira Revista do TRT de Minas, lembrando que foi o ministro Carlos Mário Velloso, então funcionário do TRT mineiro, que defendeu a edição de uma Revista para a 3ª Região: "Naquele tempo as dificuldades eram diferentes. Não havia entusiasmo pela criação da Revista e havia a escassez de verbas. Mas conseguimos os patrocínios necessários e a adesão dos ilustres juízes e professores Messias Pereira Donato, Paulo Emílio Ribeiro de Vilhena e Osiris Rocha, bem como do então procurador do trabalho Luiz Carlos da Cunha Avellar, que concordaram em participar da elaboração do primeiro número". Manoel Mendes elogiou a nova edição da Revista lançada hoje, que, segundo ele, está "simplesmente primorosa, trazendo artigos de grandes juristas e sentenças importantes da 3ª Região".

O ministro Carlos Velloso, aposentado do STF, encaminhou o seu depoimento que foi lido aos presentes, no qual também relembrou como surgiu o primeiro número da Revista do TRT de Minas, elaborada em parceria com o então advogado Manoel Mendes de Freitas, na base do idealismo e da colaboração de entidades e empresas estatais e privadas. “Hoje”, escreveu o ministro em seu depoimento, “a sua direção é exercida, com proficiência e lustre, pelo eminente Juiz Luiz Otávio Linhares Renault, notável magistrado, garantia de que a Revista do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região continuará a sua luminosa trajetória entre as melhores revistas jurídicas do Brasil, para gáudio de todos quantos lidam com o Direito do Trabalho”.

Lançamento da Revista do TRT fecha Seminário sobre execução trabalhista (imagem 2)
Desembargador Antônio Álvares da Silva, ministro Manoel Mendes de Freitas, desembargadores Maria Lúcia Cardoso de Magalhães e Luiz Otávio Linhares Renault e juíza Adriana Goulart de Sena (foto: Solange Kierulff/ACS)

Lançada nas versões impressa e eletrônica, a edição nº 76 da Revista do TRT-MG traz sentenças, acórdãos, artigos doutrinários, jurisprudência e selecionado ementário. O evento foi promovido pelo Projeto Leis & Letras, da Escola Judicial, por meio do Centro de Memória e da Biblioteca Juiz Cândido Gomes de Freitas do TRT.

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br