Magistrados da 3ª Região aprovados no doutorado de universidade italiana

publicado 16/06/2008 11:12, modificado 16/06/2008 14:12

O desembargador Márcio Flávio Salem Vidigal, do TRT-MG, e o juiz Luís Felipe Lopes Boson, titular da Vara do Trabalho de Matozinhos, foram selecionados para o curso de Doutorado da Universidade Roma 2 - Tor Vergata .

O curso tem duração de três anos, com permanência mínima de um ano na Universidade para freqüência às aulas e pesquisas, sendo muito bem conceituado internacionalmente. Apenas três brasileiros foram aprovados, entre os quais estão os dois magistrados trabalhistas de Minas Gerais.

Parceria

O TRT-MG, por meio da Escola Judicial, firmou, em novembro de 2007, acordo de colaboração cultural e científica com a Universidade Tor Vergata . O convênio, intermediado pelo Departamento de Relações Institucionais da Escola Judicial, prevê parceria para a participação de magistrados da 3ª Região nos cursos de mestrado e doutorado daquela instituição de ensino superior.

Visualizações: