Monja budista realiza palestra no TRT

publicado 23/10/2006 16:20, modificado 23/10/2006 19:20

“Como dar vida às nossas vidas” foi o tema da palestra com a Monja Coen Sensei que aconteceu nesta segunda, 23 de outubro, no Plenário do Edifício-sede do TRT. A apresentação da palestrante ficou a cargo da juíza Maria Laura Franco Lima de Faria, vice-presidente judicial do TRT. Presente ainda, a juíza Deoclecia Amorelli Dias. O evento integra as comemorações da 10ª Semana do Servidor da Justiça do Trabalho de Minas.

A Monja Coen foi convidada por sugestão da Diretoria de Saúde do TRT, contemplando as estratégias do projeto “Gestão da Qualidade de Vida” para promoção da saúde e bem-estar dos juízes e servidores.

Ordenada monja em 1983, a Monja Coen seguiu, nesse mesmo ano para o Japão, lá residindo por 12 anos. Em 1997, foi a primeira mulher e primeira pessoa de origem não japonesa a assumir a Presidência da Federação das Seitas Budistas do Brasil, por um ano.

Monja budista realiza palestra no TRT (imagem 1)

A Monja Coen é missionária oficial da tradição Soto Shu - Zen Budismo, com sede no Japão, e a Primaz Fundadora da Comunidade Zen Budista, criada em 2001, com sede em Pinheiros, São Paulo.

Visualizações: