Você está aqui: Início / Notícias / Comunicação / Notícias Institucionais / Importadas 2006 a 2008 / Semana da Conciliação no TRT-MG termina com saldo positivo

Semana da Conciliação no TRT-MG termina com saldo positivo

publicado 07/12/2006 16:48, modificado 07/12/2006 18:48

O juiz Tarcísio Alberto Giboski, presidente do TRT da 3ª Região, encerrou, nesta tarde, a Semana da Conciliação apresentando números que confirmam a conciliação como “marca registrada da Justiça do Trabalho”.

Semana da Conciliação no TRT-MG termina com saldo positivo (imagem 1)
Juiz João Alberto de Almeida, presidente da Amatra3; Júnia Soares Nader, procuradora do Trabalho; juiz Tarcísio Alberto Giboski, presidente do TRT; desembargardor Orlando Adão Carvalho, presidente do TJMG; José Fernandes Filho, desembargador do TJMG; João Luiz Avelar, conselheiro da OAB-MG e juiz José Roberto Freire Pimenta, diretor da Escola Judicial do TRT e coordenador da Semana da Conciliação no TRT

No ano de 2006 até o mês de outubro, foram ajuizadas nas 40 varas do Trabalho da capital, 51.307 ações, das quais foram conciliadas 23.662. Já nas 97 varas do interior foram conciliadas 45.804 ações de um total de 105.392 ajuízadas.

Vale destacar, ainda, que entre os dias 4 e 6 de dezembro, no Mutirão de Conciliação da Semana da Conciliação do TRT mineiro, foram realizadas, em Belo Horizonte, 451 audiências, sendo que 112 foram conciliadas com êxito. Nas varas do Trabalho das cidades do interior do estado, foram realizadas 428 audiências e a conciliação entre as partes alcançou um total de 114.

Também o Juízo Auxiliar de Precatórios – iniciativa vitoriosa da Justiça do Trabalho de Minas – realizou 23 audiências nesta semana, todas conciliadas. Já na Segunda Instância, das 26 audiências, em sete houve conciliação, no mesmo período. Os dois dissídios realizados também foram conciliados.

Estes números foram apresentados ao presidente Giboski, durante a solenidade de encerramento da Semana da Conciliação, pelo juiz Paulo Roberto Sifuentes Costa, corregedor do TRT.

Giboski, um árduo defensor da conciliação, encerrou a solenidade homenageando a ministra Ellen Gracie, presidente do Supremo Tribunal Federal, pela idealização e condução do Movimento Nacional pela Conciliação, promovido pelo Conselho Nacional de Justiça. E concluiu: “Que esse movimento possa trazer uma nova visão para o Judiciário, uma nova mentalidade voltada para a conciliação sincera, voltada para a paz social.”

Prestigiaram a solenidade o desembargador Orlando Adão Carvalho, presidente do TJMG; o desembargador José Fernandes Filho, presidente da Comissão Executiva do Colégio Permanente de Presidentes dos Tribunais de Justiça; a procuradora-regional do Trabalho, Júnia Soares Nader; a juíza Maria Laura Franco Lima de Faria, vice-presidente judicial do TRT; o juiz João Alberto de Almeida, presidente da Amatra3; o juiz José Roberto Freire Pimenta, diretor da Escola Judicial do TRT da 3ª Região e coordenador da Semana da Conciliação do TRT-MG; a juíza Adriana Goulart de Sena, que também participou da coordenação e o advogado João Luiz Avelar, conselheiro da OAB, além de outros juízes, servidores e advogados.

Palestra
Semana da Conciliação no TRT-MG termina com saldo positivo (imagem 2)
Júnia Soares Nader, procuradora do Trabalho; juíza Maria Laura Franco Lima de Faria, vice-presidente judicial do TRT; juiz Márcio Flávio Salem Vidigal; João Luiz Avelar, conselheiro da OAB-MG e juiz José Roberto Freire Pimenta, coordenador da Semana da Conciliação no TRT

Após a solenidade de encerramento da Semana da Conciliação do TRT-MG, o juiz Márcio Flávio Salem Vidigal, recém-empossado na Segunda Instância, proferiu palestra para o público presente, abordando o tema “A jurisdição como poder-dever de pacificação social”.

Visualizações:

Pesquisar

Pesquisa de notícias.

/ /  
/ /