Sindicato das Indústrias e Sindicato dos Trabalhadores em Artefatos de Borracha não entram em acordo

publicado 19/07/2006 08:31, modificado 19/07/2006 11:31

O Sindicato das Indústrias de Artefatos de Borracha no Estado de Minas Gerais e o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Artefatos de Borracha de Belo Horizonte, juntamente com a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria, não conseguiram chegar a um acordo ontem no TRT de Minas Gerais. Durante a audiência de conciliação e instrução, o representante da Confederação declarou que se sentia impedido de negociar qualquer acordo na ausência do representante do Sindicato dos Trabalhadores, que não compareceu à audiência por discordar da plena capacidade do Sindicato das Indústrias em impetrar dissídio coletivo. Como o Sindicato das Indústrias apresentou nessa audiência a carta de registro sindical, a Juíza Instrutora, Maria Laura Franco Lima de Faria, adiou a audiência para a próxima terça-feira, dia 25 de julho, às 16 horas, uma vez que não houve qualquer possibilidade de negociação. O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Artefatos de Borracha de Belo Horizonte deverá estar presente na audiência, sendo imediatamente notificado da decisão da juíza instrutora.

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br