TRT contrata portadores de deficiência auditiva

publicado 28/08/2006 14:02, modificado 28/08/2006 17:02

No ano em que a Campanha da Fraternidade tem como tema a inclusão social dos portadores de necessidades especiais, o TRT contrata 40 profissionais portadores de deficiência auditiva para prestação de serviço nas varas do trabalho da capital. Desde o dia 24 de agosto, dez contratados já estão trabalhando nas secretarias das varas, auxiliando na autuação de peças processuais. O treinamento desses profissionais foi realizado pela Assessoria de Apoio à Primeira Instância, juntamente com a Diretoria de Recursos Humanos do TRT.

Outros dez contratados já estão em treinamento e a previsão é de que, nos próximos 30 dias, todo o grupo já esteja integrado ao trabalho das secretarias. Os profissionais serão distribuídos pelas 40 varas de BH, onde trabalharão sob a supervisão de um coordenador.

A idéia de implantar este projeto na Justiça do Trabalho mineira surgiu de uma visita de servidores do Apoio à Primeira Instância do TRT à Justiça Federal, onde tiveram a oportunidade de conhecer o trabalho desses profissionais, que já atuam em diversos outros órgãos.

O convênio, previsto na Lei de Licitações nº 8.666/93, foi firmado com a Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos – Feneis, em caráter experimental, e terá a duração de 1 ano.

Visualizações: