Alunos de Vespasiano visitam Foro Trabalhista de BH

publicado 09/11/2012 15:26, modificado 09/11/2012 17:26

Alunos do 8º e 9º ano do ensino fundamental da Escola Municipal José Paulo de Barros, de Vespasiano, fizeram nesta sexta-feira, 9, uma visita ao Foro Trabalhista de Belo Horizonte com o objetivo de entender melhor o funcionamento da Justiça Trabalhista mineira. A visita faz parte das atividades do Programa Trabalho, Justiça e Cidadania , que pretende levar aos alunos da rede pública de ensino noções básicas de Direito do Trabalho, tais como: segurança, saúde e meio ambiente do trabalho, direito da criança e do adolescente, ética, cidadania, trabalho seguro e outros temas relacionados à Justiça.

A juíza Maria Cecília Alves Pinto, diretora do Foro da capital, falando sobre a importância do projeto, ressaltou, na ocasião, que é preciso "preparar estes alunos para o exercício da cidadania, para que eles possam conhecer seus direitos trabalhistas e não aceitar violação a eles ou a quaisquer outros direitos. Então, é importante que eles tenham acesso a um órgão da Justiça para que o conceito de cidadania fique bem sedimentado. Além disso, a Justiça do Trabalho está desenvolvendo um lado social e dando a conhecer o que os juízes fazem, para que os alunos possam, caso queiram no futuro, optar por trabalharem na Instituição".

Muita chuva

Apesar da chuva que caiu sobre a cidade hoje, os 50 alunos chegaram animados para conhecer o Foro, sendo recepcionados, na ocasião, pelas juízas Maria Cecília Alves Pinto, Ana Maria Amorim Rebouças, titular da 15ª VT de BH, e Renata Lopes Vale, coordenadora do Programa em Minas. Em seguida, divididos em pequenos grupos, os meninos e meninas assistiram a audiências que estavam em andamento em 12 das 40 varas da capital.

Alunos de Vespasiano visitam Foro Trabalhista de BH (imagem 1)
Imagem: TVTRT-MG

Os juízes dessas varas aproveitaram a visita para falarem aos alunos sobre o funcionamento da Justiça do Trabalho, a exemplo da exposição do juiz João Bosco de Barcelos Coura, titular da 29ª VT de BH, que explicou como nasce o conflito entre patrões e empregados, como é realizada uma audiência, quais as partes envolvidas e as possibilidades de solução do conflito, ressaltando, também, os direitos trabalhistas dos futuros empregados ou patrões, que ouviam tudo atentamente.

Após as audiências, os alunos fizeram um lanche na sede da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 3ª Região - Amatra 3 antes de retornarem à cidade de Vespasiano.

Programa Trabalho, Justiça e Cidadania

Para a execução do Programa em Minas, que é uma iniciativa da Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho - Anamatra em parceria, no Estado, com o TRT da 3ª Região, foi firmado um convênio com a Secretaria de Educação de Vespasiano para que a escola José Paulo de Barros funcionasse como piloto para posterior implantação em outras da rede municipal.

Na primeira etapa do convênio, houve a capacitação dos professores da escola para que eles pudessem passar aos alunos noções básicas sobre a Justiça do Trabalho e também desenvolver atividades sobre o tema sugerido pelos coordenadores, que foi a campanha Trabalho Seguro , que faz parte do Programa Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho, de iniciativa do Tribunal Superior do Trabalho - TST e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho- CSJT.

Na segunda etapa, realizada em outubro deste ano, juízes do trabalho foram à escola para falar diretamente com os estudantes e levar esclarecimentos sobre direitos, cidadania e segurança no trabalho. A próxima atividade que estava prevista no Programa foi a visita dos alunos às varas trabalhistas para que eles pudessem assistir de perto à uma audiência e assim assimilar melhor o funcionamento da Justiça. (Solange Kierulff)

Visualizações: