Cerimônia realizada no TJ abre a Semana da Conciliação em Minas

publicado 08/11/2012 13:23, modificado 08/11/2012 15:23

O juiz auxiliar da presidência do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, Orlando Tadeu de Alcântara (segundo à esquerda na foto), representou a presidente da Instituição, Deoclecia Amorelli Dias, na abertura oficial em Minas da 7ª Semana Nacional da Conciliação, ocorrida hoje, 8, no Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

A Semana, promovida anualmente pelo Conselho Nacional de Justiça - CNJ, com o objetivo de disseminar na sociedade a cultura da solução pacífica de conflitos, teve início ontem com a promoção de mutirões de conciliação, que devem durar até a próxima quarta-feira, 14, em todo o pais.

Cerimônia realizada no TJ abre a Semana da Conciliação em Minas (imagem 1)
Imagem: ACS

Em Belo Horizonte, durante o primeiro dia da Semana da Conciliação, foram realizados acordos que totalizaram o valor de R$1.364.423,68. Até o dia 14, apenas na capital mineira serão levados à audiência pela Central Permanente de Conciliação de 1º Grau 480 processos, a maioria em fase de execução. Em Governador Valadares serão 113, e 1571 nas Varas do Trabalho de todo o Estado. No mesmo período, o Núcleo de Conciliação de 2º Grau vai incluir em pauta 80 processos para conciliação.

A solenidade de abertura contou com a presença do desembargador Manuel Saramago, 3º vice-residente do TJMG, representando o presidente da instituição, desembargador Joaquim Herculano Rodrigues; o 2º vice-presidente do TJ, desembargador José Antonino Baia Borges; o procurador-geral de Justiça adjunto jurídico, Geraldo Flávio Vasquez, representando o procurador-geral de Justiça Alceu José Torres Marques; o presidente do Conselho de Supervisão e Gestão dos Juizados Especiais e ex-presidente do TJMG, desembargador José Fernandes Filho e a defensora pública Cristiane Neves Procópio, representando a defensora pública-geral do Estado de Minas Gerais, Andrea Abritta Garzon. (Ruth Vasseur)

Visualizações: