Concluído diagnóstico inicial para áreas administrativa e de informática do TRT

publicado 19/04/2011 16:25, modificado 19/04/2011 19:25

O diagnóstico inicial feito pela consultoria do Instituto de Desenvolvimento Gerencial, contratada pelo TRT-MG para melhorar os serviços prestados pelas áreas de Informática e Administrativa, foi apresentado ao presidente do TRT-MG, desembargador Eduardo Lobato, nesta terça-feira, dia 19, por representantes da empresa.

Participaram da reunião, representantes da Diretoria da Coordenação Administrativa e diretorias de Recursos Humanos, Apoio Administrativo, Material e Patrimônio; e ainda, da Diretoria de Coordenação de Informática e diretorias de Sistemas Jurídicos, Sistemas Administrativos e Financeiros e Suporte e Teleprocessamento.

Os consultores, que já atuam junto às duas áreas desde fevereiro deste ano, apontaram diversos pontos críticos. Entre eles, foram eleitos oito a serem trabalhados, até o final de maio, para a melhoria na prestação dos serviços.

Na área de informática os pontos críticos são: realizar atendimento ao usuário, prover soluções de segurança da informação, planejar e controlar planos e projetos de tecnologia da informação, manter infraestrutura de tecnologia da informação. Já na área administrativa, os pontos são: gerir desempenho, administrar malotes, administrar bens e materiais, lotar e realocar pessoas.

Concluído diagnóstico inicial para áreas administrativa e de informática do TRT (imagem 1)
(foto: Madson Morais)

Até o final de maio, conforme a consultora Cristina Yukie Ichiki, os envolvidos deverão reformular o formato atual e apresentar propostas para que a execução dos trabalhos seja otimizada e simplificada.

As equipes de cada área estarão envolvidas em todo o processo. Para junho, a consultoria vai atuar na elaboração de estrutura adequada para a área de informática. (Lucineide Pimentel)

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br