EJ começa o IX Curso de Formação Inicial para Juízes Substitutos

publicado 03/09/2012 11:50, modificado 03/09/2012 14:50

A desembargadora Deoclecia Amorelli Dias, presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, abriu, na manhã desta segunda-feira, 03 de setembro, o IX Curso de Formação Inicial, para os 11 juízes substitutos aprovados no concurso 01/2012 e empossados na última sexta-feira. O curso, promovido pela Escola Judicial, tem duração de três meses e o objetivo é contribuir para a prática judicante dos novos magistrados trabalhistas de Minas.

EJ começa o IX Curso de Formação Inicial para Juízes Substitutos (imagem 1)
Fotos: Madson Morais

A presidente deu boas-vindas aos novos juízes lembrando que eles chegam ao Tribunal junto com a primavera: "Setembro é oportuno porque nos traz a primavera e esses 11 magistrados, além de um grande reforço para o quadro, são pessoas novas que estão chegando e isso nos dá muita alegria", disse a desembargadora, lembrando ainda que, além da formação técnica, os novos juízes precisam de um trabalho emocional. "A profissão exige uma formação não só técnica, mas emocional, uma vez que é solitária e por isso esse contato com o grupo de magistrados é importante". Na oportunidade, a presidente convidou os novos juizes para a instalação do Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho, na próxima quarta-feira, dia 5.

Para Ricardo Luis Oliveira Tupy as expectativas em relação ao curso e ao exercício da magistratura são as melhores possíveis. "Vou receber todos os elementos necessários para o bom desempenho no exercício da profissão e, mais do que isso, estou realizando um sonho", disse. Servidor público desde 1998, o novo juiz elogiou o TRT. "Estou em estado de graça por viver essa nova etapa como servidor em uma instituição séria e que considero como o melhor tribunal do país", ressaltou Ricardo Luis Oliveira Tupy.

De acordo com a juíza Graça Maria Borges de Freitas, titular da VT de Ouro Preto e coordenadora acadêmica da Escola Judicial, em outubro, os juízes participam do módulo nacional do Curso de Formação Inicial na Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho - Enamat, e retornam para a conclusão do curso atual que corresponde ao Módulo Regional e complementa o Módulo Nacional. As atividades começaram com a aula inaugural "Formação Profissional de Magistrados", conduzida pelo ex-presidente do TRT3, Desembargador Aroldo Plínio Gonçalves.

Os novos juizes do trabalho substitutos do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região são: Marcos Ulhoa Dani, Rachel Freire de Abreu Neta, Anderson Rico Moraes Nery, Ricardo Machado Lourenço Filho, André Barbieri Aidar, Daniela Mori, Raphael Jacob Brolio, Juliana Petenate Salles, Alexandre Gonçalves de Toledo, Ricardo Luis Oliveira Tupy e Lenicio Lemos Pimentel.

A mesa foi composta pela Desembargadora Deoclecia Amorelli Dias, pela juíza Graça Maria Borges de Freitas, pela juíza titular da VT de Guanhães e presidente da AMATRA 3, Jacqueline Prado Casagrande, e pelo Juiz Substituto Rodrigo Cândido Rodrigues. (Márcia Barroso )

Visualizações: