Gestores da Justiça do Trabalho participam de seminário sobre competências estratégicas

publicado 27/03/2012 10:10, modificado 27/03/2012 13:10

Abrindo o calendário de capacitação gerencial do ano de 2012, começou na manhã desta terça-feira, dia 27, o "Seminário sobre Competências Estratégicas", destinado aos gestores da Justiça do Trabalho da 3ª Região, ministrado pela equipe da Fundação João Pinheiro, sob a coordenação da Subsecretaria do Centro de Treinamento e Aperfeiçoamento (CTA), da Diretoria de Recursos Humanos. As atividades terão foco no Planejamento Estratégico do Tribunal e serão desenvolvidas durante todo o ano, envolvendo quatro modalidades de competências estratégicas: a gestão estratégica, a modelagem de processos, a gestão de pessoas e também e gestão da informação.

O desembargador Márcio Salem Vidigal, na ocasião representando a presidente do TRT da 3ª Região, desembargadora Deoclecia Amorelli Dias, ressaltou que "o Poder Judiciário, como os outros segmentos da sociedade moderna, tem que estar preparado para a devida prestação jurisdicional, e essa capacitação vem não só atender à implantação do processo eletrônico e às metas estipuladas pelo Conselho Nacional de Justiça - CNJ, mas também tornar mais efetivo o acesso à justiça para o cidadão brasileiro".

Nesse contexto, para o desembargador, é necessária "a mudança de paradigma na forma de administrar, profissionalizando as administrações e capacitando servidores e gestores para os novos desafios", lembrando que para o cumprimento da meta 15 do CNJ para 2012 o Tribunal deverá capacitar, com carga horária mínima de 20 horas, 20% dos magistrados e 20% dos servidores na utilização do Processo Judicial Eletrônico e em Gestão Estratégica.

Já o diretor-geral do TRT, Guilherme Augusto de Araújo, frisou que o TRT da 3ª Região, ao procurar modernizar suas práticas de gestão, aprovou, em 2009, o Planejamento Estratégico 2010/2014, que institucionalizou objetivos estratégicos, indicadores, metas e ações de médio e longo prazo. "O planejamento estratégico é uma metodologia gerencial que possibilita estabelecer a direção a ser seguida pela organização e expressa a tradução da decisão em ações gerenciáveis, mediante a seleção do que é prioritário e a definição dos indicadores de desempenho para aferição dos resultados".

Jaime Augusto Freitas Queiroz, coordenador dos cursos de capacitação da Fundação João Pinheiro, ressalta que o objetivo do encontro é, antes de tudo, "a sensibilização e a conscientização dos gestores do TRT para a importância do planejamento e da organização em busca de um resultado efetivo, fazendo com que o Tribunal consiga de fato cumprir sua missão institucional". (Solange Kierulff)

Gestores da Justiça do Trabalho participam de seminário sobre competências estratégicas (imagem 1)
Mesa diretora: Professora Andréia Silveira, gerente de capacitação e treinamento da Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, da Fundação João Pinheiro (EG-FJP), juíza Graça Maria Borges de Freitas, titular da 1ª VT de Formiga e diretora consultiva da Escola Judicial do TRT, Luciana Raso, diretora-geral da EG-FJP, e também do TRT, o desembargador Mário Flávio Salem Vidigal, vice-corregedor, Guilherme Augusto de Araújo, diretor-geral e Sandra Pimentel Mendes, diretora judiciária. Embaixo, à direita, os professores Felipe A. Barbosa e Mauro César Silveira (Fotos: Leonardo Andrade)

Visualizações: