Inagurada a sustentação oral a distância no Foro de Varginha

publicado 29/06/2012 15:06, modificado 29/06/2012 18:06

O Tribunal Regional do Trabalho da Terceira Região inaugurou hoje, 29, a sala de sustentação oral do Foro de Varginha. Do plenário do TRT, em Belo Horizonte, a desembargadora Deoclecia Amorelli Dias, presidente do Tribunal , deu início à sessão de julgamento que estreou o sistema. A partir de agora, os advogados poderão fazer suas sustentações orais em processos trabalhistas que estejam na fase recurso por meio de vídeo conferência.

Inagurada a sustentação oral a distância no Foro de Varginha (imagem 1)
Foto: Madson Morais

Para Deoclecia, a ferramenta tecnológica é uma grande ajuda à disposição do Tribunal. "Somos pioneiros nessa experiência, que tem dado certo. É sempre um prazer termos advogados conosco nas sessões, mas o que nós oferecemos não é para nos facilitar e sim para facilitar o acesso desse profissional e da parte, por meio de seu representante legal, àquela sessão em que será julgado seu processo", afirmou a presidente. Já o Juiz Orlando Tadeu de Alcântara destacou a importância da adesão dos advogados locais para o sucesso da sustentação oral a distância, o que vai permitir mais economia às partes dos processos uma vez que, com o novo sistema, o advogado não precisará mais se deslocar.

A sustentação oral a distância já funciona nos Foros de Pouso Alegre, Governador Valadares, Montes Claros, Uberlândia e Juiz de Fora, Uberaba e Coronel Fabriciano.

Presentes à solenidade os juízes titulares das varas locais, Oswaldo Tadeu Barbosa Guedes e Leonardo Toledo de Resende, bem como o substituto Fabrício Lima Silva e representantes da OAB. A jurisdição do Fórum de Varginha é integrada pelo município do mesmo nome, além de Boa Esperança, Coqueiral, Elói Mendes, Ilicinéa, Santana da Vargem, São Gonçalo do Sapucaí e Três Pontas.

Visualizações: