Lançado livro em comemoração aos 70 anos da Justiça do Trabalho

publicado 29/10/2012 09:00, modificado 29/10/2012 11:00

Em comemoração ao aniversário de 70 anos de criação da Justiça do Trabalho no Brasil, completados em 1º de Maio de 2011, foi lançado, na noite da última sexta-feira, o livro 70 Anos da Justiça do Trabalho , que conta em dez capítulos, condensados em 100 páginas, a história da instituição em Minas Gerais.

Peritos recebem treinamento sobre PJe (imagem 1)

Na solenidade de lançamento da obra, realizada no auditório da Cemig, patrocinadora da edição, a diretora jurídica da Companhia Energética de Minas Gerais, Maria Celeste Morais Guimarães, presente ao evento ao lado de Djalma Bastos de Morais e Arlindo Porto, respectivamente, diretor presidente e diretor vice-presidente da companhia, destacou ser uma honra para a Cemig acolher o projeto do livro , oportunidade valiosa de participar da história da Justiça do Trabalho .

A presidente do Tribunal Regional do Trabalho, desembargadora Deoclecia Amorelli Dias, em sua manifestação além de agradecer o patrocínio na edição da obra, destacou a importância da companhia na atual parceria com o TRT no Programa Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho - Programa Trabalho Seguro, de autoria do TST.

Lançado livro em comemoração aos 70 anos da Justiça do Trabalho (imagem 2)

Em seguida, falou o ex-presidente do TRT, Eduardo Augusto Lobato, à frente da administração do tribunal quando da comemoração dos 70 anos da instalação da Justiça do Trabalho em Minas Gerais, destacando a importância da obra que divulgará o nosso Tribunal, a sua trajetória histórica, a sua contribuição social e jurídica, a sua intimidade funcional e as suas realizações . Lembrando a participação de forma decisiva da Justiça do Trabalho na história recente do nosso país, contribuindo de forma decisiva para harmonizar capital e trabalho, as duas únicas forças geradoras de riquezas em qualquer lugar do mundo .

Presentes também ao lançamento, que teve apresentação do coral do TRT-MG, Acordos&Acordes, patrocinado pela CEF, os desembargadores Caio Vieira de Mello e Paulo Araújo, membros da comissão do livro, Antônio Miranda de Mendonça, Hegel de Brito Boson e Antônio Álvares da Silva. E, ainda, os desembargadores Paulo Roberto Sifuentes Costa, Emília Facchini, Cleube de Freitas Pereira, Bolívar Viégas Peixoto, Denise Alves Horta, Lucilde D´Ajuda Lyra, Anemar Pereira Amaral, Fernando Antônio Viégas Peixoto, Fernando Rios Neto e Mônica Sette Lopes. Prestigiaram também o evento, o juiz João Bosco de Barcelos Coura, representando a Amatra3, a juíza Cristina Caixeta, o secretário-geral da presidência, Eliel Negromonte Filho e a diretora judiciária Sandra Pimentel, servidores do TRT e da Cemig, políticos e representantes de associações afins. (Texto: Divina Dias - Fotos: Leonardo Andrade e Madson Moraes)

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br