Ministério Público do Trabalho vai participar da rede de prevenção de acidentes de trabalho

publicado 03/04/2012 15:03, modificado 03/04/2012 18:03

Os gestores regionais em Minas do Programa Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho, desembargador Anemar Pereira Amaral e o juiz Eduardo Ferri, titular da 8ª VT de Belo Horizonte, reuniram-se na tarde desta terça-feira com procuradores do Ministério Público do Trabalho para celebrar parceria regional, visando à formação da Rede de Prevenção de Acidentes de Trabalho a que se refere a Resolução CSJT nº 96/2012. Participaram do encontro além do procurador-chefe Helder Santos Amorim, as procuradoras Elaine Nassif Noronha e Fernanda Brito Pereira, esta coordenadora de apoio institucional do MPT-MG.

Ministério Público do Trabalho vai participar da rede de prevenção de acidentes de trabalho (imagem 1)
Eduardo Ferri, Fernanda Brito Pereira, Helder Santos Amorim, Anemar Pereira Amaral e Elaine Nassif Noronha (Foto: Madson Morais)

Para que os objetivos do programa sejam atingidos em todo o estado, o TRT-MG vai desenvolver uma campanha para intensificar o Programa, com a colaboração de uma rede constituída por todos os órgãos da Justiça do Trabalho e pelas entidades públicas e privadas que aderirem aos seus termos, inclusive sindicatos, universidades, associações e instituições de ensino fundamental, médio e técnico-profissionalizante. As ações vão ainda reforçar a responsabilidade social de cada instituição participante.

O Programa Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho que é de autoria do TST e tem por objetivo promover a conscientização sobre a importância de se prevenir os acidentes de trabalho no país pode ser conhecido no site www.tst.jus.br.

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br