OAB encerra Congresso Internacional de Direito e Processo do Trabalho

publicado 14/05/2012 07:05, modificado 14/05/2012 10:05
OAB encerra Congresso Internacional de Direito e Processo do Trabalho (imagem 1)

Foi encerrado nessa sexta-feira, na sede da OAB-MG, em Belo Horizonte, o 1º Congresso Internacional de Direito e Processo do Trabalho, com palestras dos ministros do TST, Luiz Phillipe Vieira de Mello e José Roberto Freire Pimenta, ambos originários do TRT de Minas. Luiz Phillipe falou sobre as alterações recentes no Direito do Trabalho, e Freire Pimenta teve como tema de exposição o Tribunal Superior do Trabalho e a reformulação de sua Jurisprudência.

Também tiveram participação destacada no evento, os desembargadores do TRT mineiro Fernando Rios Neto, Márcio Túlio Viana e o juiz titular da 2ª Vara do Trabalho de Contagem, Vitor Salino de Moura Eça, os dois últimos, inclusive, como coordenadores científicos. Coube a Fernando Rios falar sobre o conceito de subordinação e a nova redação do artigo 6º da Consolidação das Leis do Trabalho. Já Márcio Túlio discorreu sobre os aspectos polêmicos do Direito de Greve no Brasil. Vitor Salino havia aberto os trabalhos, abordando a execução trabalhista em perspectiva.

OAB encerra Congresso Internacional de Direito e Processo do Trabalho (imagem 2)

Ao final, o desembargador Caio Luiz de Almeida Vieira de Mello recebeu homenagem especial da OAB-MG e da Escola Superior de Advocacia. O diretor tesoureiro da OAB/MG, Antônio Fabrício de Matos Gonçalves, entregou uma placa ao desembargador, "que sempre honrou a entidade no TRT da 3ª Região". Durante a homenagem, houve a participação do Coral Acordos & Acordes, do TRT-MG, que interpretou Land of hope and glory (Edward Elgar), Mas vale trocar (Juan Del Encina), Rosa Amerela (Villa Lobos) e Va Piensero sull'are dorate (Giusepe Verdi), sob regência da Maestrina Marisa Helena Simões Gontijo.

(Texto e foto: Walter Salles)

Visualizações: