Presidente é recebida com aplausos em visita ao prédio da Goitacases

publicado 10/02/2012 20:50, modificado 10/02/2012 22:50

Reencontros, descontração, alegria, agradecimento, compromissos e até aplausos marcaram a visita da presidente do TRT-MG, desembargadora Deoclecia Amorelli Dias, ocorrida na tarde de hoje, a diversos setores administrativos do TRT, instalados no prédio da Rua Goitacases. Na bagagem da visitante, o compromisso de uma era de abertura, aproximação, de valorização de cada parte imprescindível para o todo. E agradecimento pela dedicação de servidores e dirigentes à instituição. Por parte dos servidores visitados, a possibilidade do contato direto, o encurtamento de uma distância que as práticas consolidadas fizeram longa. Afinal, como resumiu a servidora Sandra Mara Gonçalves, da diretoria de Coordenação administrativa, "Presidente sempre foi uma coisa muito distante".

Presidente é recebida com aplausos em visita ao prédio da Goitacases (imagem 1)

Acompanhada do assessor Sérgio Murilo, Deoclecia chegou primeiro à Escola Judicial, onde foi recebida pelo assessor Ronaldo da Silva e todo o pessoal da Secretaria/Pedagogia, Centro de Memória, Biblioteca Juiz Osíris Rocha e Departamento da Revista. A juíza Graça Maria Borges de Freitas, titular da 1ª Vara de Formiga, também estava lá. "De passagem!" - ela afirmou. O servidor Jésus Antônio Bicalho, da Revista, salientou que a visita da presidente representa a aproximação do topo com a base. E com a autoridade de quem já trabalhou diretamente com Deoclecia, assegurou que nesse contato todos vão ter a oportunidade de conhecer uma pessoa austera, mas muito simples e aberta às reivindicações, dentro das possibilidades da administração. O assessor Ronaldo, por sua vez, destacou que o comparecimento da presidente a todas as dependências do Tribunal é importante não só para ela conhecer de perto as condições de trabalho de todos, mas também para criar um sentimento de proximidade entre os servidores e a administração.

Da Escola Judicial a presidente e seu assessor seguiram para o Centro de Treinamento e Aperfeiçoamento de Recursos Humanos, onde um grupo de servidores, liderados por Maria Júlia Figueiredo, lhes deram as boas-vindas. Para Maria Júlia, que substitui a subsecretária Rosângela, essa atitude de Deoclecia "cria uma empatia com a Presidência e mostra que ela é uma pessoa aberta a conversar com os servidores". Na Diretoria de Recursos Humanos, mais um ponto de parada da presidente. Lá, como em muitos outros setores visitados, as mulheres são maioria esmagadora, fato observado por Deoclecia, primeira mulher presidente do TRT-MG. Conversas, agradecimentos, e uma caixa de chocolate de presente, recebida das mãos da diretora Maria Beatriz Abreu Rodrigues de Souza. Para Maria Beatriz, a visita da presidente é ótima, pois valoriza a relação com os servidores.

Presidente é recebida com aplausos em visita ao prédio da Goitacases (imagem 2)

Reforçada pelo diretor-geral do TRT, Guilherme Augusto de Araújo, e pelo assessor da Ouvidoria, Lucas Fernandes Viana, a comitiva presidencial visitou a Diretoria da Secretaria de Coordenação Financeira, onde foi recebida pelo titular Herce Martins Pontes e servidores. A presidente mais uma vez agradeceu o comprometimento de todos e lembrou que a credibilidade do Tribunal depende muito daquela equipe. Na Diretoria da Secretaria de Assuntos Orçamentário e Contábil, a servidora Sheila da Silva Figueiredo Lisboa, bacharel em Administração de Empresas, explicou à Deoclecia que a diretoria comandada por Pedro Lamounier de Carvalho, ali presente, "é responsável pelo pagamento referente a todas as despesas que ocorrem no Tribunal", sendo, por isso, uma concentração de administradores, economistas e contadores". Pedro Lamounier, com 22 anos de casa, disse não se lembrar de ter recebido um presidente do Tribunal. "É importante estar junto para vivenciar o dia a dia do servidor", concluiu o diretor.

Outro lugar onde Deoclecia também falou da importância da credibilidade do Tribunal foi no Núcleo de Controle Interno, que é ligado diretamente à Presidência. O Núcleo é chefiado por Ana Gonçalves Lara, que, juntamente com Antônio Cláudio dos Santos Rosa e outros servidores, recebeu a presidente e demais acompanhantes.

O diretor de Pagamento de Pessoal, Ricardo Bahia Rachid, ao receber a presidente, enalteceu sua iniciativa de aproximar-se dos servidores. "É ótima ideia a Administração aproximar-se dos servidores da área administrativa", avaliou ele, que também recebeu a comitiva presidencial acompanhado de todos os servidores.

Recebida pela diretora de Pessoal, Maria de Fátima Monteiro Lobato Campos Ferreira, subscretários e servidores, Deoclecia arrancou aplausos de todos ao dizer os motivos da visita: "Vim conhecer os setores de trabalho, estabelecer esse contato direto com vocês e agradecer a todos pelo empenho, pelo amor ao tribunal, e dizer que é uma alegria estar aqui". Fátima, que conhece como pouco os servidores, afirmou que a iniciativa da presidente é brilhante, porque muitos deles se sentem abandonados.

Presidente é recebida com aplausos em visita ao prédio da Goitacases (imagem 3)

Na Diretoria de Material e Patrimônio, a diretora Claudia Sampaio Gonçalves falou do desafio de manter estoques reduzidos sem deixar de atender às necessidades do Tribunal. Sobre a interlocução das diretorias com a administração, Deoclecia enfatizou que as demandas não podem ficar perdidas pelos corredores. Elas têm de chegar à presidência para os devidos encaminhamentos. Ela ressaltou, ainda, que "temos de trabalhar bem a comunicação interna". Para Deoclecia, é preciso saber de antemão o que, onde, e como as coisas são resolvidas, para não ser necessário ficar procurando no momento de precisão.

Também na Diretoria de Documentação, Legislação e Jurisprudência, os subscretários e demais servidores se juntaram à diretora Isabela Freitas Moreira Pinto para receber a presidente e ouvir dela agradecimentos e um discurso de disposição para o diálogo. Deoclecia ainda falou da oportunidade de rever servidores já conhecidos e de conhecer outros, que entraram no quadro do Tribunal mais recentemente.

Na Diretoria de Coordenação Administrativa, assuntos menos amenos e pausa para um café. Depois de ser apresentada a todos os servidores pelo diretor Carlos Athayde Valadares Viégas, a presidente lamentou não haver espaços para o descumprimento da Resolução 83, do CSJT, que trata, entre outras coisas, da redução das funções comissionadas. Disse contar com aquela diretoria e com os demais setores envolvidos para que os ditames da resolução sejam observados da forma menos traumática possível. Carlos Athayde respondeu em nome de toda a equipe, assumindo o compromisso: "Conte conosco, com a nossa fidelidade, nosso esforço para cumprir os objetivos desta administração e do Tribunal", disse ele. Aproveitando a presença da presidente, a servidora Danuza Pereira Mantuano, que coordena um projeto da Comissão de Gestão Ambiental do TRT, solicitou uma reunião com Deoclecia para apresentar o trabalho. Segundo a servidora, a aproximação da presidente "tem aspectos de valorização e reconhecimento da importância de cada servidor".

Presidente é recebida com aplausos em visita ao prédio da Goitacases (imagem 4)
Fotos: Madson Morais

A presidente Deoclecia, o diretor-geral Guilherme Araújo e os assessores Sérgio Murilo e Lucas Viana estiveram ainda na Diretoria da Secretaria de Engenharia, onde foram recepcionados pelo diretor Hudson Luiz Guimarães e demais engenheiros do TRT. Depois encerraram a maratona na Diretoria de Coordenação de Informática, comandada por Gilberto Atman Picardi Faria. Deoclecia afirmou que agora é a hora da Informática no TRT-MG, pois o Processo Judicial Eletrônico é um caminho sem volta. Picardi mostrou-se otimista quanto à possibilidade de implantação do PJ-e em pelo menos 10% das Varas do TRT-MG. Segundo ele, com o redirecionamento das ações do Tribunal para o cumprimento desse objetivo, o desenvolvimento do processo eletrônico próprio, com projeto piloto iniciado na Vara do Trabalho de Nova Lima, fica descartado.

Já na próxima semana a presidente Deoclecia Amorelli Dias pretende visitar os demais setores do Prédio da Rua Goitacases. Em breve, ela vai planejar e dar início à visitação das Varas do Trabalho. Deoclecia disse que está muito satisfeita com essas visitas, pois elas quebram a distância, criando uma aproximação maior com os servidores. "A gente percebe que as pessoas se sentem valorizadas", constata. Essa valorização é evidenciada na ótima acolhida de todos. O líder sindical Carlos Antônio Ferreira, conhecido também por "Ovo", vê com bons olhos a iniciativa da presidente. Segundo ele, "essas visitas mostram a disposição da presidente de se aproximar do quotidiano dos servidores que, juntamente com os magistrados, fazem a máquina do Tribunal funcionar bem". (Walter Sales)

Visualizações:

Seção de Imprensa imprensa [arroba] trt3.jus.br