Você está aqui: Início / Notícias / Comunicação / Notícias Institucionais / Importadas - 2011 a 2012 / Servidores debatem Gestão Orçamentária do TRT para 2012

Servidores debatem Gestão Orçamentária do TRT para 2012

publicado 23/03/2012 11:43, modificado 23/03/2012 14:43

Assessores e diretores do TRT da 3ª Região se reuniram nesta sexta para discutir a Gestão Orçamentária do Tribunal para 2012. A reunião, realizada na unidade do TRT, na rua Goitacases, 1.475, foi coordenada pelo diretor financeiro do Tribunal, Herce Martins Pontes, que chamou a atenção dos gestores presentes para a crescente necessidade do alinhamento do orçamento com o Planejamento Estratégico. Por isso, a previsão da execução orçamentária para este ano deve estar voltada para a Estratégia, com foco na missão do Tribunal, a visão de futuro da instituição e os objetivos estratégicos relativos a sua concretização, e também para a Meta 18 de Conselho Nacional de Justiça - CNJ.

Segundo Herce, a reunião, que é a primeira realizada este ano, faz parte do projeto de capacitação de gestores em gestão orçamentária, inserido no Planejamento Estratégico, e que prevê três reuniões anuais e 12 mensais, além de palestra sobre o assunto a ser ministrada em abril por um assessor do Conselho Superior da Justiça do Trabalho - CSJT. "Esta reunião é uma etapa do projeto e vai demonstrar como está o nosso orçamento e as mudanças existentes, tratar do calendário estabelecidos para estas reuniões mensais, dos calendários para a elaboração do orçamento de 2013 e para o pedido de crédito suplementar para este ano, além de estabelecer os passos que deverão ser percorridos para a elaboração da proposta orçamentária prévia para o ano que vem".

Servidores debatem Gestão Orçamentária do TRT para 2012 (imagem 1)
Herce: o orçamento precisa estar alinhado com o planejamento estratégico da instituição (Foto Madson Morais)

Outro ponto importante lembrado pelo diretor foi o alinhamento da previsão da execução orçamentária de 2012 com a Meta 18 de CNJ, que prevê a execução, até setembro deste ano, de pelo menos 60% do orçamento anual disponível, excluídas as despesas com pessoal. Já a assessora de planejamento estratégico da Diretoria-Geral, Patrícia Reis, frisou, na oportunidade, a importância dos gestores do TRT em antecipar as demandas e estabelecer projetos com prazos definidos para que possam ser incluídos a tempo de figurar no orçamento, uma vez que as propostas devem ser encaminhadas ao Legislativo até o dia 31 de agosto para aprovação até o encerramento da Sessão Legislativa do Congresso.

Participaram da reunião, além dos diretores e assessores das principais unidades administrativas do tribunal, o diretor-geral, Guilherme Augusto de Araújo, e a diretora-judiciária, Sandra Pimentel Mendes.

Visualizações:

Pesquisar

Pesquisa de notícias.

/ /  
/ /