TRT e Cemig promovem palestras sobre segurança nas escolas de Minas

publicado 18/10/2012 12:17, modificado 18/10/2012 15:17

O Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região e a Companhia Energética de Minas Gerais - Cemig comemoraram na manhã desta quinta, 18, o Dia Nacional de Segurança e Saúde (10 de outubro) com palestras para estudantes dos ensinos médio e fundamental das escolas públicas do estado.

Para promover a data, magistrados e servidores do Tribunal juntamente com funcionários da Cemig levaram informações sobre prevenção de acidentes aos alunos de escolas municipais e estaduais por meio de palestras, apresentação de slides e vídeos, distribuição de cartilhas, revistas em quadrinhos, palavras cruzadas e outros materiais educativos produzidos pela Cemig e pelo Tribunal Superior do Trabalho.

A abertura do evento, que acontece simultaneamente em várias escolas de todo o estado, foi feita na Escola Municipal Francisca de Paula, em Belo Horizonte, pelo desembargador Anemar Pereira Amaral, gestor regional em Minas do Programa Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho - Programa Trabalho Seguro.

TRT e Cemig promovem palestras sobre segurança nas escolas de Minas (imagem 1)

De acordo com o desembargador, é na escola que se tem uma forma de alcançar um número maior de pessoas. "Os alunos são multiplicadores que levam as informações para os pais, amigos e familiares. A segurança começa nas escolas, uma vez que esses alunos são futuros profissionais que entrarão para o mercado de trabalho".

O gerente de Segurança do Trabalho, Saúde e Bem-estar da Cemig, João José Magalhães Soares, explicou que o objetivo da ação é fortalecer a cultura de segurança entre os alunos. "Ao repassar essas informações para os alunos e orientá-los para a boa convivência com a energia elétrica, estamos contribuindo para que eles, desde a fase escolar, possam introduzir em suas vidas a cultura de segurança".

Segundo João Soares, essa não é uma ação isolada da Cemig. "Estamos fazendo com o TRT de Minas essa parceria, que vem somar a outras ações promovidas pela Cemig, como a Cepap - Campanha Externa de Prevenção de Acidentes com a População, que, desde 2006, já atendeu mais de um milhão de crianças". O resultado, conforme dados do gerente, é a redução de 80% dos acidentes com a rede elétrica, principalmente envolvendo pipas, e 15% no setor da construção civil. "Em relação à construção civil, o índice pode parecer pequeno, mas se o compararmos ao crescimento do setor e à ampliação da oferta de trabalho, é uma redução significativa".

Os alunos do 6º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Francisca de Paula acompanharam as apresentações com entusiasmo. Samuel Kevin de Oliveira Dias, 12 anos, fala, empolgado, do que aprendeu sobre os riscos envolvendo a rede elétrica. "Quando caem árvores e postes na rua, não devemos chegar perto, não podemos usar muitas tomadas numa mesma extensão, subir em torres de subestações de energia, mexer no chuveiro e nem abrir equipamentos eletrônicos sem conhecimento".

Alexandre Maicon dos Santos Costa, 11 anos, também conta o que aprendeu com as palestras. "Agora eu sei que não podemos encostar na pessoa que está tomando choque e que a chave geral tem que ser desligada imediatamente. Também não devemos soltar pipa perto de poste ou fiação elétrica em cima da laje e, quando o chuveiro parar de funcionar, não podemos cutucar com a vassoura".

A visita às escolas é parte do Programa Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho - o Trabalho Seguro -, uma iniciativa do TST e do Conselho Superior de Justiça do Trabalho - CSJT em parceria com instituições públicas e privadas, com adesão feita pela Cemig, por meio de um termo de cooperação técnica com o TRT-MG.

Também participaram do evento o gerente de Relacionamento Comercial da Cemig, Fabiano Mendonça Dias, o palestrante Ricardo Diniz, eletricista da Cemig, e os professores Lindomar da Silva, Aparecida Eustáquia Ferreira e Cynthia Maria Barbosa Melo. (Texto e fotos: Márcia Barroso)

Visualizações: