TRT-MG inicia capacitação de magistrados e servidores em PJe-JT

publicado 16/08/2012 07:53, modificado 16/08/2012 10:53
TRT promove mais uma atividade de capacitação em PJe (imagem 1)

Magistrados e servidores da Justiça do Trabalho da 3ª Região participam nesta semana de um curso de capacitação e treinamento voltado para a parametrização do Processo Judiciário Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT), ferramenta que terá sua implantação inaugural no TRT de Minas no próximo dia 5 de setembro, na VT de Nova Lima. O curso é ministrado pelos servidores do TRT da 18ª Região, Flávio Costa Tormin e Aloísio Fernandes Gomes Júnior, no Laboratório de Informática, no 17º andar do prédio da Augusto de Lima, no Barro Preto.

Segundo Flávio Costa Tormin, nesta primeira etapa, serão apresentadas noções do PJe-JT e na próxima etapa será feita uma operação assistida. "Vamos ensinar a montar uma estrutura do programa para que as unidades possam desenvolver o trabalho dentro do sistema, vamos explicar como fazer o cadastro dos magistrados e servidores que vão operar o sistema e como identificar possíveis problemas e reportá-los ao Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT"), informou. Além disso, os servidores do setor de Tecnologia da Informação serão treinados para a realização da atualização do sistema indicada pelo CSJT. Ainda de acordo com Tormin, depois da implantação do programa, uma equipe do Grupo Nacional de parametrização do Pje fará um acompanhamento dos primeiros passos do sistema para verificar seu funcionamento. "Será feita uma operação assistida assim que o programa entrar em funcionamento, quando será dado o suporte para soluções de possíveis problemas de configuração de ambiente". Os magistrados e servidores também receberão orientações para identificar erros e aplicar atualizações homologadas pelo TST.

TRT-MG inicia capacitação de magistrados e servidores em PJe-JT (imagem 2)

Foto: Márcia Barroso

O Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT) é um sistema informatizado, desenvolvido para por fim à tramitação de autos em papel no Poder Judiciário. Trata-se de um programa que permite a tramitação digital dos processos judiciais na íntegra, desde a petição inicial até o término da ação. A utilização do PJE tem por objetivo agilizar o andamento processual e ampliar o acesso à Justiça, proporcionando também maior transparência à atividade judicial uma vez que poderá ser acessado pelas partes através da Internet.

A implantação do Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT), na 3ª Região - TRT (Módulo de 2º Grau) e Vara do Trabalho de Nova Lima (Módulo de 1º Grau) será no dia 5 de setembro de 2012, de acordo com cronograma nacional estabelecido pela presidência do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT).

Segundo o desembargador Ricardo Antônio Mohallem, coordenador do Grupo Gestor do Sistema E-gestão e presidente do Comitê Gestor Regional do PJe-JT, o TRT de Minas, juntamente com a OAB e o Ministério Público do Trabalho, está direcionando todos os esforços para cumprir as metas do CNJ e tornar o PJe uma realidade efetiva na 3ª Região, a partir de 5 de setembro deste ano.

O Comitê Gestor Regional do Pje-JT é formado, além do seu presidente, desembargador Ricardo Mohallem, pelo juiz substituto Fabiano de Abreu Pfeilsticker, o procurador do trabalho Genderson Silveira Lisboa, o advogado Carlos Schirmer Cardoso, os diretores Sandra Pimentel Mendes (Judiciária), Gilberto Atman Picardi Faria (Informática) e Adalberto Mendes Salles (19ª VT). (Márcia Barroso)

Visualizações: